Pesquisar este blog

Curiosidades sobre o sono



AS 5 FASES DO SONO 

1ª fase: É a fase do adormecimento, essa fase pode durar de alguns instantes até 15 minutos e ocupa de 5% a 8% da noite de sono. Funciona como uma espécie de zona intermediária entre estar acordado e dormindo. O cérebro produz ondas irregulares e rápidas e a tensão muscular diminui. A respiração fica suave e os pensamentos do mundo desperto flutuam pela mente. Se for acordada nessa fase, a pessoa reagirá rapidamente, negando que estava dormindo. 
2ª fase: 
De um sono mais leve, a temperatura corporal e os ritmos cardíacos e respiratórios diminuem. As ondas cerebrais diminuem ainda mais. Essa fase ocupa de 45% a 55% do tempo total do sono, durando cerca de 20 minutos. As ondas do cérebro alongam- se, regularizam-se e são afetadas somente por alguma atividade elétrica isolada e repentina. Nesta fase, a pessoa cruza definitivamente o limite entre estar acordada e dormindo. Se alguém levantar suavemente a pálpebra de uma pessoa nessa fase do sono, ela não acordará. Os olhos já não respondem a um estímulo.
 3ª fase: 
O corpo começa a entrar no sono profundo, as ondas cerebrais tornam-se grandes e lentas. É uma fase rápida, dura cerca de dez minutos por ciclo, o que corresponde a uma média de 5% do tempo na cama. 
4ª fase: 
É o sono profundo, onde o corpo se recupera do cansaço diário. 
Essa fase é fundamental para a liberação de hormônios ligados ao crescimento e para a recuperação de células e órgãos. Dura cerca de 55 minutos, não mais que 20% da noite. A pessoa fica totalmente inconsciente. Está tão fora do mundo que nem uma tempestade poderá acordá-la. 
Sono REM: A atividade cerebral está a pleno vapor e desencadeia o processo de formação dos sonhos. Os músculos ficam paralisados, as freqüências cardíacas e respiratórias voltam a aumentar e a pressão arterial sobe. É o momento em que o cérebro faz uma espécie de faxina geral na memória. Fixa as informações importantes captadas durante o dia e descarta os dados inúteis. Durante o REM, os músculos longos do tronco, os braços e as pernas estão paralisados, mas os dedos das mãos e dos pés podem contrair-se. O fluxo sangüíneo em direção ao cérebro aumenta e a respiração fica mais rápida e entrecortada. REM é a fase dos sonhos vividos. Se a pessoa for acordada aqui, provavelmente recordará fragmentos de suas fantasias. Depois de 10 minutos de REM volta-se a descer às fases de sono quieto. Nas primeiras horas da noite predomina o REM. Pela manhã, percorre-se de quatro a cinco vezes o circuito do sono completo.

Mitos sobre colchões e travesseiros


MITOS SOBRE COLCHÕES


Colchão ortopédico é sinônimo de colchão duro

| FALSO | Colchão ortopédico é o que acomoda melhor seu corpo, deixando a coluna reta. O colchão rígido demais é tão danoso quanto o mole demais.

Densidade é sinônimo de dureza

| FALSO | Nem sempre o colchão mais denso é o mais duro. A sensação de dureza vai depender do material e da cobertura do colchão. É por isso que a melhor densidade para seu corpo em um colchão de molas pode não ser a mesma que para um colchão de espuma, e pode variar entre os fabricantes.

Se começa a afundar, está na hora de trocar

| FALSO | Se o colchão está cedendo, passou da hora de trocar. As primeiras deformações são imperceptíveis ao olho ou ao tato. Se elas existem, é porque você está dormindo em um colchão vencido há pelo menos um ano

Colchões Magnéticos

O que é a magnetoterapia?

Ultimamente muito se tem falado sobre colchões magnéticos. A magnetoterapia tem sido defendida por  especialistas e fabricantes de colchões além de ter o aval de muitos usuários. O uso da magnetoterapia tem milhares de anos e ainda é uma grande promessa para o futuro. A magnetoterapia é a aplicação de campos magnéticos ou aparelhos eletromagnéticos no corpo em benefício da saúde. É um método natural usado para aliviar a dor, reduzir a inflamação, restaurar a energia natural do corpo, aumentar a circulação sangüínea, evitar ou reverter uma infecção, promover o processamento de toxinas metabólicas e apoiar o processo de cicatrização. A terapia magnética é um método de tratamento não-invasivo, com uma taxa de sucesso muito alta e tem muito para oferecer, tanto na prevenção como no tratamento de doenças crônicas.

Como funciona a magnetoterapia

Na realidade os ímãs não curam as doenças. A ciência sabe que o corpo humano é composto por várias células que se combinam para formar o sangue, tecidos, ossos e órgãos. Estas células estão em estado constante de renovação. O Dr. Robert Becker, um dos principais médicos que defende o uso da magnetoterapia, acredita que a força que estimula o crescimento e divisão celular é a energia eletromagnética.
Ele e outros cientistas alegam que quando a energia das células do corpo se esgota, o organismo tenta “recarregar” as células desgastadas enviando impulsos de energia eletromagnética do cérebro através do sistema nervoso.
James Souder, presidente da Norso Biomagnetics em Raleigh, Carolina do Norte, afirma que os estudos realizados em animais, e um exame microscópico dos vasos sangüíneos, indicam que o fluxo sangüíneo é estimulado pelo movimento dos campos magnéticos através do tecido, este é o fator dominante no campo.

Aplicações da magnetoterapia

A magnetoterapia acelera o processo natural de cura do corpo humano. A terapia magnética pode impulsionar o sistema imunológico a entrar em acção. Também aumenta a capacidade de transportar oxigénio no sangue e uma nutrição de forma mais eficaz de todo o corpo para um melhor desempenho.
Algumas possíveis aplicações:
  • Redução ou eliminação da dor. Ao estabilizar o sistema nervoso e influenciando outras funções orgânicas que muitas vezes é um tratamento eficaz.
  • Aumento do fluxo de sangue. Os efeitos naturais dos ímans melhoram o fluxo sangüíneo e melhoram as funções imunológicas. Em alguns homens pode melhor a função sexual e nas mulheres, pode aumentar o prazer sexual.
  • Asma. A magnetoterapia ajuda a reduzir alergias que contribuem para a asma.
  • Ossos fracturados. Ajuda a uma cicatrização mais rápida. Acredita-se que promove a regeneração de tecidos e ossos.
  • Dor nas costas. Colchão magnéticos, almofadas, assento de carro e outros dispositivos são úteis para reduzir as dores nas costas.
  • Toxinas no corpo. A magnetoterapia pode ajudar a remover as toxinas do corpo. Isso melhora as funções imunológicas e ajuda a reduzir sintomas de gripe e acabar com o vírus mais rapidamente.
  • Dores musculares. A magnetoterapia pode ajudar a aliviar a fadiga ou dores musculares. Além disso, vai ainda ajudar a dormir melhor.
  • O uso de terapias alternativas como a magnetoterapia está em crescimento, onde cada vez mais pessoas encontram alívio ou mesmo uma solução eficaz para determinado problema de saúde. Se tem problemas de ossos, musculares, dores nas costas, problemas de circulação
O magnetismo melhora a qualidade química/Física do Sangue, melhorando a circulação sangüínea, deixando as pessoas imunes a doenças. 
Mas esteja atento às contra-indicações desta terapia
Grávidas, bebês, indivíduos com pacemakers, desfibrilhadores, bombas de insulina ou outros aparelhos médicos não devem usar colchões magnéticos. Quem usa marca-passos deve abster-se do uso desta terapia assim como nos casos de hemorragia e processos ulcerosos. 

MITOS SOBRE TRAVESSEIROS


Travesseiro melhora como tempo

| FALSO | Muitas pessoas acreditam que travesseiro bom é aquele que já se moldou à cabeça do dono, após alguns anos de uso. Mas travesseiro bom é o que está no prazo de validade, recomendam os fabricantes.

O tamanho depende do gosto do cliente

| FALSO | Há quem diga que só dorme em travesseiro alto ou prefere os baixos. O que determina a altura do travesseiro é a posição em que se dorme. O que fica a critério do cliente é o material do travesseiro.

Ter mais de um travesseiro é exagero

| FALSO | Para dormir de lado ou de costas, os especialistas recomendam o uso de dois travesseiros ou mais. Um deles para apoiar a cabeça. Outro para elevar os joelhos ou acomodar as pernas. No caso de quem dome de lado, há ainda um terceiro, que serve para acomodar os braços

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor me de a sua opiniao