Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de março de 2017

Dietas Bruscas Que não Funcionam



Muitas pessoas querem perder peso rapidamente e optam por métodos que prometem resultados rápidos. 
Reconheço que a idéia é tentadora mas infelizmente muitas destas dietas são excessivamente restritivas e simplesmente ineficazes a longo prazo. 
Esta é a verdade nua e crua e vou explicar porquê. 
E tem mais, algumas são francamente perigosas.

Aqui estão 10 dietas que simplesmente não funcionam.



1. Dieta de Líquidos Apenas



As dietas com líquidos apenas estiveram na moda por diversas décadas. Elas prevêem a substituição de todas ou uma parte de suas refeições por uma refeição com apenas líquidos ou shakes.

Algumas dietas com líquidos incluem:

  • A dieta de Cambridge: Esta é a dieta mais restritiva e fornece de 440 a 550 calorias por dia por até 12 semanas. O plano original foi criticado por fornecer apenas 330 calorias por dia sem ser supervisionado por médicos.
  • Protein-Sparing Modified Fast (PSMF): sob supervisão médica, os pacientes obesos consomem menos de 800 calorias por dia durante seis meses. Os PSMF de hoje são considerados seguros, enquanto versões anteriores foram ligadas a algumas mortes.
  • Optimist e Medifast: Várias opções são disponíveis. Os planos que fornecem menos de 800 calorias por dia duram geralmente 26 semanas e requerem a supervisão médica.
Enquanto as pessoas podem ou não perder peso rapidamente com as dietas líquidas com muito poucas calorias, recuperar peso é extremamente comum.

Isso faz sentido, uma vez que beber refeições líquidas não fomenta hábitos alimentares saudáveis, que são necessários para a manutenção do peso bem sucedido. Óbvio, não?

Além disso, a pesquisa sugere que seguir um plano de perda de perca de peso baseado em líquidos pode levar à desordem alimentar, como compulsão alimentar ou restrição alimentar.

Em um estudo de 28 semanas, mulheres obesas adotaram uma das várias estratégias de perda de peso. No final do estudo, ocorreu significativamente mais compulsão alimentar no grupo de substituição de refeição tradicional pelos líquidos.

Enquanto dietas líquidas podem levar à perda de peso rápida e no curto prazo, elas parecem fazer mais mal do que bem a longo prazo.


2. Comprimidos "Carb-Blocker" (Bloqueadores de carboidratos)



Os bloqueadores de carboidratos, ou bloqueadores de amido, são suplementos que prometem promover a perda de peso fácil.

Eles contêm extratos de feijão que interferem com a alfa-amilase, uma enzima que divide carboidratos complexos em unidades de açúcar menores que seu corpo pode absorver.

Carboidratos complexos incluem grãos, batatas e batatas-doces. Se os carboidratos complexos não são divididos em açúcar, suas calorias não podem ser absorvidas pelo seu corpo.

No entanto, bloqueadores de carboidratos não podem impedir completamente a digestão e absorção de carboidratos complexos. Eles só retardam a ação da alfa-amilase.

Em um estudo, verificou-se que um bloqueador de amido inibia mais de 96% de amilase, contudo apenas impediu que 7% dos carboidratos fossem absorvidos.

Isso sugere que se você tomou um bloqueador de carboidratos com uma porção de espaguete contendo 60 gramas de amido, você só acabaria absorvendo cerca de 4 menos gramas de carboidratos e cerca de 16 menos calorias.

No entanto, alguns estudos descobriram que os bloqueadores de carboidratos podem causar perda de peso moderada, especialmente quando a ingestão de carboidratos é alta. Em um estudo, os bloqueadores de carboidratos causaram a maior perda de peso em pessoas que consumiram mais carboidratos.

Por outro lado, uma revisão de 2011 dos estudos concluiu que estudos maiores e de alta qualidade sobre os bloqueadores de carboidratos são necessários para determinar se eles são eficazes para a perda de peso.

Além disso, os suplementos de bloqueadores de carboidratos podem causar problemas digestivos em algumas pessoas, como gás, diarréia e inchaço.

Em geral, é melhor não tomar bloqueadores de carboidratos para perder peso.


 3. Sucos, Purgantes e Detoxes
 


Diversos purgantes e dietas detox tornaram-se muito populares ultimamente.

Além da promissora perda de peso rápida, elas normalmente alegam purgar seu corpo de "toxinas" que se acumulam ao longo do tempo.

Aqui está uma lista de vários métodos de desintoxicação ou limpeza, que pode durar de 1 a 21 dias:
  • Não beber nada além de água por até sete dias;
  • Consumir apenas sucos de frutas e vegetais frescos;
  • Beber misturas líquidas específicas, tais como limonada adoçada com xarope de bordo (uma espécie de Ácero) e pimenta caiena
  • Consumir apenas líquidos claros ao tomar laxantes, enemas ou ervas para "limpar o cólon"
Porque elas têm poucas calorias, estas dietas podem produzir uma perda de peso rápida.
Por exemplo, alguns planos de desintoxicação afirmam que você pode perder até 21 quilos em 21 dias.

No entanto, a maioria do peso perdido nestas dietas é água, especialmente durante os primeiros dias, quando a perda de peso é mais rápida.

Com exceção de um pequeno estudo em mulheres coreanas com excesso de peso, nenhum estudo examinou essas alegações ou a capacidade das pessoas de manter o peso que perdem durante uma limpeza ou desintoxicação.

No estudo coreano, as mulheres beberam uma mistura de xarope de limão contendo menos de 500 calorias por sete dias. 

Embora tenham perdido peso e melhorado alguns marcadores de saúde cardíaca, elas também perderam uma média de 0,6 quilos de músculo.

Esta perda muscular não é surpreendente, uma vez que as dietas geralmente fornecem menos de 20 gramas de proteína por dia.

Para proteger a saúde muscular, os adultos precisam de pelo menos uma grama de proteína por quilograma, ou um mínimo de 50 gramas por dia.

Além do mais, as necessidades de proteína aumentam durante a perda de peso. Uma maior ingestão de proteínas ajuda a prevenir a perda muscular em pessoas que estão perdendo peso ativamente.

Quanto mais músculo você tem, mais calorias você queima em repouso.

Além disso, uma pesquisa em animais sugeriu que as dietas de baixa proteína aumentam a produção de NPY, um hormônio que impulsiona a fome e o armazenamento de gordura da barriga.

Dietas Crash e  da Moda


Dietas da moda não funcionam


Dietas Crash ou dietas de moda sempre foram populares porque elas prometem uma perda de peso rápida se você seguir diretrizes muito específicas.
Algumas das dietas crash têm aparecido ao longo das últimas décadas e novas estão sendo constantemente criadas. Aqui estão alguns exemplos de crash populares ou dietas da moda:

4. Dieta da Sopa de repolho


Esta dieta promete perda de peso de até 10 quilos em 7 dias.
Cada dia você come tudo o que você quer de um ou dois tipos de alimentos. Você também consome uma sopa feita de repolho e outros vegetais todos os dias.


5. Dieta de grapefruit



Este plano de perda de peso crash foi criada na década de 1930 com base na crença que a grapefruit teria propriedades de queima de gordura.
Além de grapefruit em cada refeição, você consome low-carb (poucos carboidratos) e alimentos ricos em proteína como ovos e carne.


6. Five-Bite Diet



Esta abordagem envolve comer qualquer coisa que você queira mas só permite que você dê apenas cinco mordidas por refeição.
Foi criada pelo Dr. Alwin Lewis, que promete perda de peso de até 15 quilos por semana.


7. Alimentação de Bebé



Nesta dieta, você substitui uma ou duas refeições por dia com vários frascos de alimentos para bebés contendo de 25-75 calorias cada, consumidos em intervalos de uma hora durante o dia.
Embora algumas dessas dietas parecem divertidas, elas não são uma boa idéia se seu objetivo é a perda de peso sustentável.

Elas não são bem equilibradas, nutritivas ou baseadas na ciência.

A maioria delas são muito baixas em calorias, o que certamente pode produzir perda de peso rápida no curto prazo.

No entanto, a pesquisa demonstrou que uma restrição calórica grave pode levar a uma redução na taxa metabólica, na perda de massa muscular e na fome de rebote (que faz o peso recuperar peso inevitávelmente).

Além disso, essas dietas de moda são tipicamente baixas em proteína.

Como eu expliquei anteriormente, isso pode causar muitos dos mesmos efeitos que a restrição calórica drástica. Um estudo de 1996 sugere que dietas muito baixas em calorias podem levar à resistência à insulina e diabetes em alguns indivíduos.

No caso da dieta de Grapefruit, ela fornece proteínas e calorias adequadas mas não há evidências de quea  grapefruit aumente a queima de gorduras.
Assim, qualquer perda de peso experimentado neste plano será principalmente devido à sua alta taxa deproteína e baixo teor de carboidratos.


 8. "Fat-Burner"



Tomar uma pílula que ajuda você a queimar gordura pode parecer a solução perfeita para perder peso rapidamente.

No entanto, algumas dessas pílulas contêm ingredientes questionáveis ​​que podem acabar fazendo muito mais mal do que bem.

A cafeína é um dos ingredientes principais em muitos produtos "queimadores de gordura".

Em um estudo, os homens experimentaram um impulso na taxa metabólica depois de consumir um suplemento que contém cafeína e antioxidantes como EGCG, que é encontrado no chá verde.
Apesar de quantidades modestas de cafeína serem seguros e poderem ajudar a promover a perda de gordura e aumentar o desempenho físico, alguns queimadores de gordura contêm substâncias que podem causar efeitos secundários perigosos.

Os relatórios de danos hepáticos e outros problemas de saúde têm sido freqüentes.

Em dois casos, mulheres jovens previamente saudáveis ​​desenvolveram insuficiência hepática que exigiu  transplantes hepáticos após a ingestão de queimadores de gordura contendo ácido usnic. A ironia maior é que os anúncios de queimadores de gordura e pílulas de perda de peso são freqüentemente encontrados em revistas de fitness femininas que promovem um estilo de vida saudável.

Em vez de tomar pílulas que contêm ingredientes potencialmente nocivos, beba algumas xícaras de café ou chá verde diariamente.


 9. Comer apenas um alimento



Comer apenas um alimento tem sido uma abordagem popular para a perda de peso rápida por décadas.

Conhecida como comer monotrófico, ou "mono comer", envolve comer tanto quanto você quer de um alimento por vários dias.

Exemplos incluem comer apenas frutas, ovos, batatas ou biscoitos!!!

Como os outros métodos expostos, uma perda rápida de peso a curto prazo pode ocorrer com esta 
estratégia.

Isto é principalmente devido ao fato de ficar tão cansado de comer apenas um alimento que a sua ingestão de calorias automaticamente diminui.

O problema com esta estratégia é que comer apenas um alimento é um modo desequilibrado de fazer dieta e não pode durar muito tempo.

Enquanto comer apenas ovos fornece muito mais proteínas e outros nutrientes do que uma dieta composta de batatas ou biscoitos, eles não tem a fibra e os antioxidantes encontrados em alimentos vegetais. Existem poucos estudos, se existir algum, sobre mono comer.
No entanto, a evidência clássica mostra que as pessoas quase sempre recuperam o peso quando sai da dieta.

Assim como outras dietas que restringem severamente suas escolhas alimentares, ela não ajuda você a desenvolver hábitos alimentares que levará à manutenção de peso bem sucedido.


10. Cetonas de Framboesas



Cetonas são compostos encontrados em framboesas vermelhas e outras bagas e frutas.

Elas são freqüentemente usados ​​para adicionar sabor e fragrância à alimentos e cosméticos. Um átomo de hidrogênio (ligado ao oxigênio) é retirado e o átomo de oxigênio passa a fazer uma ligação dupla com o carbono da cadeia.

As cetonas de framboesas aumentam a queima de gordura e aumentam os níveis de adiponectina, um hormônio que tem efeitos anti-inflamatórios e ajuda a regular o metabolismo.
Embora a adiponectina seja produzida por células de gordura,  pessoas obesas geralmente têm níveis muito mais baixos de adiponectina do que pessoas magras.

Estudos recentes em ratos descobriram que as cetonas de framboesas aumentam a queima de gordura e ajudam a proteger contra a gordura no fígado.

No entanto, as dosagens que estes animais receberam foram extremamente elevadas. 
Muito pouca pesquisa foi realizada em seres humanos, e até agora os resultados não são impressionantes.

Um suplemento que continha uma combinação de ingredientes, incluindo cetonas de framboesas, pareceu aumentar a perda de gordura em pessoas obesas, mas apenas quando combinado com dieta e exercício (!).

Por outro lado, um estudo de 2016 não encontrou diferença significativa na taxa metabólica ou queima de gordura entre as pessoas que tomaram cetonas de framboesas em comparação com aqueles que receberam uma pílula placebo.
Resumo

Muitos planos de dieta e produtos prometem uma perda de peso rápida. Mas enquanto alguns podem queimar peso temporariamente, eles não ajudam a atingir seu objetivo de perder gordura corporal permanentemente.

Além disso, essas abordagens de "solução rápida" podem levar a problemas de saúde, a comer desordenadamente e recuperar mais peso do que você perdeu.


A única solução para a perda de gordura sustentável é seguir uma dieta bem equilibrada que funciona para você e mantê-la a longo prazo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor me de a sua opiniao