Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Entenda a Hipnoterapia

Porque a hipnoterapia ( terapia com hipnose ) é mais rápida do que as formas convencionais de psicoterapia para abordar questões comportamentais?

Admita.
Você não é perfeito.
Ninguém é, certo?

Existem coisas que você sabe que você pode mudar.
Pequenos ajustes que podem tornar sua vida mais satisfatória.
Mais gratificante e satisfatória.
Como se livrar de um mau hábito.
Ou superar uma fobia de longa data.
Ou talvez encontrar a força de vontade para manter a sua dieta.

Todo mundo tem algo que gostaria de mudar ou melhorar, mas como fazer isso?
Como você pode quebrar o que poderia ser o hábito de uma vida?
Ou encontrar a força para resistir à tentação?
E mais importante, como você pode incorporar essas novas mudanças?

Se você já tentou mudar sozinho, você sabe que não é uma tarefa fácil.
Embora seja tão difícil, não é impossível.
Especialmente se você conseguir o tipo certo de ajuda.

O que é a Hipnoterapia?


Olhe para a palavra “hipnoterapia” e você verá que é realmente uma combinação de duas palavras.

Hipnose e terapia.


É uma terapia complementar que explora o poder da hipnose. 
Para instalar sugestões positivas em sua mente inconsciente a partir de técnicas de hipnose.
Com as sugestões corretas, é possível alterar:

A maneira como você pensa
A maneira como você se sente
A maneira como você se comporta
E é por isso que a hipnoterapia é uma ferramenta tão poderosa para promover mudanças na prática clínica.
Porque se você pode mudar seus pensamentos, seus sentimentos e seu comportamento – você pode mover montanhas.
Você pode superar qualquer obstáculo.
Você pode resolver coisas que antes pareciam impossíveis.

Além disso, quando usado por um profissional certificado, a hipnoterapia pode ajudar em todas as situações a seguir:

Vícios
Parto
Obsessões
Compulsões
Controle de raiva
Depressão
Distúrbios alimentares
Construção de confiança
A auto-estima aumentar
Alívio da ansiedade
Nervos exame
Síndrome do cólon irritável (ou síndrome do intestino irritável)
Transtorno do estresse pós-traumático (TEPT)
Medos e fobias
O manejo da dor
Questões sexuais
Relaxamento
Gagueira
Zumbido
Problemas de sono
Redução do estresse
Perda de peso

É uma lista grande, não é?

Então a questão é, como pode ser tão eficaz?
Como a hipnoterapia pode tratar TODAS essas coisas?

A resposta é simples:

A Hipnoterapia atinge o interior de todos os problemas. Ela ignora a sua mente consciente (crítica) e assim é possível comunicar diretamente com seu inconsciente. Ela muda seus pensamentos, sentimentos e comportamentos de dentro para fora. Também é possível a auto hipnose.

A hipnose terapêutica pode abordar a raiz do seu problema – não apenas os sintomas – e lida com eles.

E ela faz isso melhor do que quase qualquer outra forma de terapia.


A Hipnoterapia se destaca entre as psicoterapias



Dr. Alfred A. Barrios realizou um levantamento sobre as psicoterapias e descobriu que:

93% dos clientes se recuperam após 6 sessões da hipnoterapia
72% dos clientes se recuperam após 22 sessões de terapia comportamental
38% dos clientes se recuperam após 600 sessões de psicanálise
Incrível. A Hipnoterapia não só faz o trabalho mais rápido – 6 consultas em comparação com 22 ou mais – como também funciona para uma porcentagem maior de pessoas.

Quatro vezes mais rápido do que a terapia comportamental. E gritantemente 100 vezes mais rápido do que a psicanálise.

Isso pode explicar porque a prática foi certificada mundialmente como uma forma alternativa de conduzir tantas condições:

Em 1996, a Associação ‘Australian Hypnotherapists’ introduziu um sistema de auto avaliação para profissionais da hipnoterapia da Australia.
No Reino Unido, o Departamento de Educação e Habilidades desenvolveu o National Standards Occupational de hipnoterapia em 2002.
Nos EUA, a regulamentação da hipnoterapia e certificação é realizada pela American Council of Hypnotist Examiners (ACHE). O primeiro centro de hipnoterapia licenciado pelo estado foi o Instituto de Formação em Hipnotismo de Los Angeles em 1976.
Então, a hipnoterapia não é apenas útil. É reconhecida.

É um bom método por poder auxiliar em vários pontos de sua vida, incluindo:


Saúde mental e emocional
Bem-estar físico
O desenvolvimento espiritual
Criatividade
Motivação
Preocupações de negócios
Na realização dos seus objetivos
E muito mais…

Existem todavia outras maneiras de lidar com estas coisas.
A terapia cognitiva comportamental (terapia cognitivo comportamental) por exemplo; a psicanálise ou a programação neurolinguística (PNL).

Estas outras psicoterapias também são qualificadas e certificadas.
Vamos entender melhor como funcionam as outras terapias:

Hipnoterapia, Terapia Cognitiva Comportamental (TCC), Psicanálise & PNL


Terapia Cognitiva Comportamental


A Terapia Cognitiva Comportamental (ou Terapia Cognitivo Comportamental) é usada para mudar a maneira de pensar e se comportar.
Para ajudá-lo a enfrentar problemas de uma forma mais positiva.
É frequentemente usada para tratar a ansiedade e depressão, mostrando ao paciente formas práticas de lidar com sua vida cotidiana.
A ideia central é quebrar questões maiores em partes menores de forma que elas fiquem mais fáceis de lidar.
Assim, você pode organizar-se para melhorar cada vez mais a forma como você se sente.
Ela não remove os problemas na raíz mas te dá mecanismos de enfrentamento para que você possa aprender a gerenciá-los com mais facilidade.



Psicanálise



A psicanálise também é amplamente usada para tratar ansiedade e depressão, mas com uma abordagem diferente.
Fundada por Sigmund Freud, a ideia por trás psicanálise é descobrir emoções e experiências reprimidas.
Assim, enquanto a TCC lida com problemas no presente, aqui e agora, a psicanálise investiga seu passado.
E em muitos casos, a sua infância. Tentando encontrar as razões pelas quais você se sente ansioso ou deprimido. Deixando essas emoções reprimidas vir à superfície para que você possa enfrentá-las e colocá-las para descansar de uma vez por todas.

Programação Neurolinguística (PNL)


O que é PNL



PNL significa Programação Neurolinguística.

Se decompormos esse termo, encontraremos:

Neuro que se refere ao seu sistema nervoso, a ligação entre o cérebro e o corpo.
Linguística que se refere à linguagem, que é a forma como seu sistema nervoso se comunica com o mundo.
Programação refere-se a comportamentos aprendidos e da forma como você responde aos estímulos.
Então PNL pretende mudar o seu comportamento (a programação), alterando a maneira como o cérebro responde ao que está acontecendo ao seu redor.

Ela usa técnicas como âncoras e dissociação para atingir este objetivo.
O método é particularmente útil para quebrar hábitos e superar medos.

A PNL muitas vezes combina suas técnicas com a hipnose e a auto hipnose assim como a TCC tem provado ser mais eficaz quando utilizada em conjunto com a hipnose e a auto hipnose.
Mesmo a psicanálise funciona melhor quando você está sob hipnose, porque você está mais em contato com sua mente inconsciente.
O lugar onde todas aquelas memórias e conflitos são armazenados.

Por que escolher a hipnoterapia?



Vamos encarar. Quando se trata de terapia, há muitas opções.
A Hipnoterapia é apenas uma delas.
Apenas uma das maneiras de fazer mudanças em sua vida.
Então, por que você deve escolher esse profissional?

Existem pelo menos três razões muito boas:

Ela é mais rápida do que outras formas de terapia
Ela aborda mais questões do que outras formas de terapia
Ela vai direto ao coração do problema e lida com ele diretamente
Durante uma sessão de hipnoterapia, o terapeuta vai começar falando com você. Buscando te conhecer, descobrir qual é o problema. Aprender sobre você e seu estilo de vida.
Isso ajuda o hipnoterapeuta a decidir qual a melhor maneira de superar qualquer problema que você está tendo.

Só depois que ele sabe, é que acontece a hipnose.
Um transe leve, onde a sua mente consciente (crítica) pode simplesmente desligar.
Um estado de consciência em que você pode acessar o seu inconsciente e promover mudanças profundamente enraizadas e duradouras. O hipnoterapeuta também pode te ensinar a auto hipnose.

Assim, quando você é submetido à hipnoterapia, as possibilidades são infinitas.

Você pode:

Encontrar soluções para os problemas que carrega a tanto tempo
Se livrar de velhas crenças limitantes
Transformar pensamentos negativos em positivos
Desenvolver hábitos mais saudáveis
Estabelecer metas realistas
Assumir o controle ativo de sua saúde, sua carreira, seus relacionamentos e sua vida em geral
E como as outras terapias mencionadas acima, ela funciona para ansiedade e depressão também.
Na verdade, se você pode pensar em um problema ou uma questão, provavelmente a hipnoterapia pode ajudar.

Pode te ajudar a tomar melhores decisões. Obter o aumento da sua concentração. Libertar a sua imaginação e criatividade.
Pode te ajudar a se sentir mais relaxado e mais em paz consigo mesmo.
Pode te ajudar a se livrar do stress. Fazendo com que você se sinta saudável mentalmente e fisicamente.
Pode te ajudar a aumentar a sua autoconfiança.
Pode te ajudar a dormir melhor e ter mais energia quando você precisar dela.
Pode te ajudar a encontrar a estabilidade que vai te permitir viver verdadeiramente a sua vida, ao invés de apenas passar por ela.

Mesmo reconhecendo que ninguém é perfeito, não há nada de errado na busca pela perfeição.
Uma pequena mudança por vez.
Procure um Hipnoterapeuta.


Hipnoterapeuta



O hipnoterapeuta não precisa ter uma formação superior para exercer a função, embora psicólogos e psiquiatras também possam trabalhar como hipnoterapeutas.
Sua ferramenta de trabalho é a Hipnose, que ajuda o profissional a acessar o subconsciente e e trabalhar diretamente lá.  Também, como na psicologia, há diversas abordagens e linhas de terapias que utilizam a hipnose.
Ela se mostra como uma ferramenta altamente eficaz e rápida. O tempo de tratamento varia de acordo com as técnicas utilizas, onde algumas conseguem resultados permanentes entre 1 a 3 sessões, como na Hipnoterapia OMNI, e tem a taxa de sucesso maior que 93% de acordo com a pesquisa de Dr. AlfredA. Barrios. Confira aqui.

Atualmente, além de poder atuar como tratamento coadjuvante em doenças psicológicas e psiquiátricas, o hipnoterapeuta também pode proporcionar autoconhecimento e consciência para que o ser humano aprenda a lidar de uma forma mais leve com as adversidades da vida. Uma pessoa que conhece a si própria melhora a autoestima, a autoconfiança, as relações interpessoais e, consequentemente, a satisfação na vida.

Abordagem Holística à Nutrição

O foco è elevar a vibração energética da pessoa por meio de uma alimentação “viva”e mais natural.

Isto é mais fácil de dizer do que de fazer porque normalmente uma alimentação desordenada é fruto de bloqueios emocionais, psicológicos e até mesmo kármicos que precisam ser removidos.

Como o nome mesmo diz a Nutrição Holística nutre o corpo, a mente e o espírito.

Para tanto utilizo técnicas de hatha yoga como os exercícios de energização de Paramhansa Yogananda algumas ásanas específicas, técnicas de PNL e hipnoterapia.

Inicialmente eu indico uma dieta desintoxicante de 3 dias para limpar boa parte das toxinas acumuladas no organismo da pessoa e em seguida substituo os alimentos energeticamente densos por outros com freqüência vibratória mais elevada. 

Isto sem modificar muito o valor calórico da dieta.

Em seguida, usando técnicas de hipnoterapia e PNL vou ajudando a pessoa a descobrir seus eventuais bloqueios energéticos e a removê-los.

Uso posturas de hatha yoga específicas para a harmonização dos chakras e a meditação para curar os males da alma desta forma a transformação começa de dentro para fora mudando a abordagem da pessoa à vida.  

Assim com o tempo vamos diminuindo ou aumentando o valor calórico ingerido pela pessoa dependendo de suas necessidades para que ela atinja seu índice de massa corporal adequado.

Este conjunto de técnicas formam uma ajuda válida para o cliente mudar maus hábitos de vida incluindo os hábitos alimentares e incorporar definitivamente essas mudanças em sua vida. 

Ela saberá como encontrar forças para resistir às tentações e em muitos casos eliminar de vez as tentações as fobias, inseguranças timidez além de distúrbios do sono, doenças de pele, disfunções no aprendizado e muitas outras.

Nutricionista Holistico

Como aliar o prazer de comer com uma saúde perfeita?

Um Nutricionista trata os problemas alimentares á partir de um ponto de vista físico, isto é, receita dietas para equilibrar os valores nutricionais ao consumo energético do paciente, considerando as várias condições particulares de cada indivíduo, como possíveis alergias, intolerâncias, o ambiente em que vive, seus gostos pessoais, sua situação sócio-econômica e assim por diante.
O Nutricionista Holístico por sua vez considera as desarmonias que podem dar origem aos problemas alimentares e às várias disfunções do organismo usando uma abordagem holística.
A maior parte dos problemas ligados à má alimentação ou à alimentação errada têm uma base emocional. Os alimentos têm a função não apenas de nutrir mas também de confortar, alegrar, suprir deficiências emocionais, carências afetivas. Eles são usados como forma de compensação para lacunas que temos em nosso ser, para alegrar a alma, para melhorar o humor, para socializar (quando se vai ao restaurante ou lanchonete).
O nutricionisa holístico tem por objetivo harmonizar o prazer de comer com uma saúde perfeita, um corpo harmonioso e uma mente livre de bloqueios. Ele além de conhecer os valores nutricionais dos alimentos, conhece também seus valores energéticos sutis, a energia vital universal (ki, prana, chi) presente em cada um deles. Esta energia faz toda a diferença.
A abordagem do nutricionista holístico á dieta é holística, ou seja, completa. Invés de receitar dietas temporárias que aliviam mal-estares como  sobrepeso e obesidade, ele trabalha conjuntamente com o cliente para mudar seus inputs mentais, suas emoções, para remover bloqueios energéticos e assim mudar harmoniosamente seus hábitos alimentares e progressivamente adquirir seu peso ideal.
Aqui o indivíduo não é considerado um paciente, ou aquele que espera passivamente que o profissional resolva seu problema de saúde mas alguém que atua ativamente na sua própria cura. Um tratamento não é imposto mas sim compartilhado com o cliente, várias soluções são estudadas e diferentes propostas são oferecidas para encontrar a que melhor solução para cada caso. Desta forma a pessoa pode continuar sozinha sua dieta sem ter que retornar periodicamente ao nutricionista holístico para novas consultas.
O tratamento holístico alimentar é educativo, construtivo, transformador. Por ser holístico ele transforma o estilo de vida do cliente, seus gostos, o ajuda a descobrir suas aptidões, seus talentos, em muitos casos o paciente muda até mesmo de profissão, de casa, muda seu modo de se relacionar com as pessoas, com a vida e com sua espiritualidade.
O terapeuta holístico têm a missão de ajudar quem o procura a harmonizar seu próprio ser e o nutricionista holístico especificamente aconselha seus clientes a administrar suas emoções, aptidões, desejos e energias para equilibrar sua dieta e obter um corpo saudável como templo para uma alma e uma mente igualmente saudáveis.
Eu particularmente associo a prática de yoga e meditação à uma dieta energeticamente balanceada para obter resultados surpreendentes do ponto de visa seja físico que mental e espiritual.

Eu pessoalmente desenvolvi a dieta equilibrium. É uma dieta focada na abordagem holística e compreende a alimentação correta e balanceada de certos elementos com a prática de específicas ásanas para uma desintoxicação rápida e natural do organismo. Ela elimina as toxinas e energiza o corpo sem que o cliente passe fome ou se prive dos elementos essenciais para uma nutrição correta.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

É Importante Saber Sobre Reiki



1 – O que é o Reiki?
R – Reiki é uma técnica simples, segura e natural, com as mãos, na qual você pode melhorar a sua saúde e a qualidade de vida, em todos os níveis. O Reiki ajuda você a se ajudar.
‘E uma técnica milenar de cura, que acredita-se ser originaria do Tibet. Há 2 séculos, depois de muitos anos de pesquisa na área de Energia natural, um senhor japonês, Dr. Mikao Usui, “redescobriu” a fórmula usada pelos tibetanos, usando uma técnica específica de alinhamento com os princípios da Física Quântica. Ele descobriu que podia desbloquear os centros de Energia do corpo e alinhar uma pessoa a esta Energia sub-atômica. Isso permitiria à pessoa alinhada com o Reiki, não só tratar dos outros, mas efetivamente tratar de si próprio.
2 – Qual a preparação que o reikiano precisa ter para aplicar a técnica?
R – É preciso ter passado por uma série de harmonizações (ativações), ministrada por um Mestre qualificado e tradicional.
3 – De que forma o Reiki é aplicado no paciente. E como ele age no organismo ?
R – O Reiki pode ser aplicado pessoalmente e à distância.
Existem 4 niveis de Reiki, sendo que 3 são usados somente nas aplicações.
1º. Nível:
Você aprende, através de uma técnica especifica (pela ajuda das suas mãos) a ativar a Energia Vital em si mesmo e nos outros, a fim de dissolver as causas. A Energia despertada será absorvida onde for mais necessária naquele exato momento (por ex.: pelo corpo, pelas emoções, pelos sentimentos, pelo intelecto, pela criatividade, pela intuição)
2º. Nível:
Neste nível será feita uma nova ativação (ou Iniciação) para que os canais por onde circula a Energia Reiki, sejam ainda mais abertos, possibilitando assim a passagem de 3 vezes mais energia do que no nível 1; por isso, é nesse nivel que se tem a força suficiente para fazer tratamento à distância e também para tratar de problemas mentais. No nível 2 tambem se anulam os fatores de tempo e espaço, o que nos permite enviar Reiki para um fato traumático, ocorrido há muito tempo, ajudando assim a dissolver suas seqüelas. Também podemos mandar Reiki para algo que ainda está por ocorrer, como cirurgias, viagens ou reuniões de negócios, para que tudo aconteça com harmonia.
O Reiki trabalha com a nossa vibração.
3º. Nível A:
Este nível capacita ao reikiano o uso de uma energia especial, que leva ao auto-conhecimento, auto-transformação e a ser Mestre de si mesmo. Essa graduação inclui um nível de ativação de energia de alta potência, também para balanceamento energético, cura, integração e iluminação. O 3º Nível A é de uso pessoal, para multidões e para trabalhar o planeta. Esta graduação está delineada principalmente para aqueles que desejam se aprofundar mais na técnica da Energia Cósmica, sem terem adquirido um certificado, ou se qualificado como Mestre Reiki. O curso é completado, recebendo-se o total e original poder do 3º. Nível B.
3º. Nível B:
É o nível de Mestre, onde você aprende a iniciar pessoas nos Níveis I, II e III (A e B), e a ministrar cursos de Reiki.
Para aqueles que nunca experimentaram Reiki deixe-me explicar, em poucas palavras, o que devem esperar ao seguir um tratamento regular:

O tratamento geralmente leva 1 hora a 1 hora e meia (isso no 1º. Nível, pois nos outros niveis o tempo cai para a metade).

Reiki é uma massagem diferente, na qual o paciente pode ficar completamente vestido. Reiki penetra até através de plástico, gesso, metais, etc.

Diferente de massagem, Reiki não precisa de nenhuma manipulação de tecido ou músculos. O Terapeuta Reiki simplesmente coloca a sua mão gentil e cuidadosamente, em diferentes partes do corpo, geralmente começando pela cabeça. Cada posição leva de 4 a 5 minutos e, em algumas áreas, leva mais tempo. É comum o paciente sentir a sensação de calor fluindo das mãos do terapeuta.

Muitas pessoas sentem relaxamento profundo. Os que conhecem meditação dizem que entram em profundo estado de meditação. A mente acalma, a respiração diminui, um sentimento de bem-estar os envolve. Algumas pessoas dizem sentir um sentido maior de percepção. Fisiologicamente, 1 hora de Reiki equivale a 4 horas de sono. Somente este fato torna o Reiki um dos maiores aliviadores do “stress” que conhecemos.

Seu uso regular aumenta a vitalidade e bem-estar e um sentimento de paz interior. Acelera e promove o processo humano de cada tecido do corpo. Em resumo, Reiki é capaz de melhorar a qualidade de nossa vida em um grau incrível.
4 – Ele é indicado para que tipo de tratamento?
R – Para todos os tipos, pois ele trabalha com a vibração da pessoa; mudando a vibração tudo melhora em sua vida, nas áreas física, mental, emocional e espiritual.

Alguns exemplos :
. Diminuirá fortemente os seus níveis de “stress” e manterá a Energia alta
. Tratará de problemas comuns à saúde eficazmente : dores de cabeça, gripes, alergias, asma, etc.
. Acelerará o processo de cura de ferimentos de esporte e pós – cirúrgicos
. Tratará de perturbações emocionais, de pressão, ansiedade, insônia
. Elevará a sua auto-estima, melhorará a sua memória e aumentará a sua criatividade e intuição
. Completará e aumentará os benefícios de todos os remédios padrões ou alternativos (ervas, quimioterapia, acupuntura, homeopatia, etc.)
. Aliviará a dor em doenças crônicas
. Para o resto de sua vida, você terá uma técnica com a qual ajudará a si mesmo e aos outros a levar uma vida feliz e harmoniosa
5 – Se o Reiki transmite energia ao paciente, retira, de alguma forma, a energia do reikiano?
R - Não. Quando trabalhamos com o Reiki usamos uma Energia que emana do nível sub-atômico. Isso significa que a saúde do reikiano, ou a sua falta, não inibirá a pratica do Reiki. Pelo contrario, na realidade, efetuando uma sessão de Reiki, sentimos estar com níveis energéticos mais altos no fim do tratamento. Em nenhum momento o reikiano perde Energia de seu corpo, nem adquire as Energias densas de quem está recebendo.
6 – Após algumas aplicações o paciente aprende a equilibrar sua energia sozinho?
R – Desde que a pessoa passe por uma sintonização ou ativação, feita por um Mestre qualificado, ele estará apto a equilibrar sua Energia sozinho.
7 – O Reiki nasceu a partir da curiosidade de um padre que estudava a vida de Cristo, porém, sua descrição diz que a técnica não tem relação com religião. Explique esse paradoxo.
R – Apesar de Mikao Usui ter sido um padre, o Reiki não está ligado a nenhuma religião, seita, credo, dogma, nem depende do sistema de crenças. Embora seja uma técnica antiga, o Reiki pode ser compreendido através de princípios avançados da Física.

O Reiki também é eficaz, em particular, em tratamento de plantas e animais. Este fato demonstra que o Reiki não depende de crença ou de efeito psicossomático.

Se você me perguntar se o Reiki é espiritual, eu vou lhe dizer que sim, está ligado à fonte, que é Deus. Para nos o Reiki é uma técnica espiritual aberta.
8 – Reiki inteferirá com minhas crenças religiosas pessoais?
R – Não. Reiki por si só não é uma religião ou um culto de qualquer espécie. É um método inofensivo e delicado de ativar energia dentro de você e usar essa energia de força vital natural de acordo com as suas necessidades particulares.
9 – Eu tenho que acreditar em Reiki?
R – Não. Reiki não é um sistema de credo, nem um dogma ou uma doutrina.
10 – Reiki é uma forma de cura psíquica?
R – Não. Reiki é um modo de ativar energia natural e aplicá-la de uma maneira específica. Reiki corre dentro de você e estimula qualquer talento natural ou não desenvolvido que você possa ter. Várias pessoas com dons psíquicos de renome estudaram Reiki comigo e descobriram que seus poderes psíquicos melhoraram incrivelmente.
11 – Reiki é uma ciência oculta?
R – A palavra “oculta” infelizmente tomou certas conotações negativas que refletem os preconceitos mesquinhos de nossa cultura. “Oculto” significa, literalmente, “algo escondido da visão”. Ao traçar a história de Reiki, descobri que esta técnica era por vezes resguardada e ensinada somente a uns poucos escolhidos, especiais, à elite e à aristocracia. Reiki agora está ao alcance de qualquer um que queira estudá-lo.
12 – Precisa de algum conhecimento especial antes de fazer o Seminário de Reiki?
R - Não. Mas uma capacidade de aprender e crescer, ajuda ! No Seminário de Reiki, você será intensamente instruído na técnica Reiki. Incluída nos cursos oferecidos há informação sobre saúde holística e harmonia de viver, cura natural e equilíbrio de energia. Quando tiver completado o Seminário, você poderá usar Reiki em você mesmo e em sua família ou amigos, se quiser
13 – Reiki poderá intervir em minhas prescrições e tratamentos médicos?
R – Não . A técnica Reiki pode, facilmente e com êxito, ser combinada com terapias médicas e pode ser usada com benefícios positivos, antes e após uma cirurgia, por reikianos com o Nível 1; os reikianos com o Nível 2 de Reiki ou mais, podem usá-lo, inclusive, durante a cirurgia, quando o paciente estiver sob os efeitos de anestesia. Muitos médicos fizeram treinamento de Reiki e concordam que Reiki estimula o processo de cura natural. Além do mais, Reiki pode ser usado em combinação com exercício, nutrição e outras técnicas e medicamentos.
14 – Quantas vezes tenho que praticar a técnica Reiki?
R – Para obter maiores e eficientes benefícios de Reiki, precisa-se usar esta técnica numa base diária, ou, pelo menos, uma razoável quantidade de tempo, toda semana. No Seminário Reiki você receberá instruções específicas no uso da técnica Reiki de acordo com as necessidades individuais.
15 – Se eu fizer o Seminário Reiki e depois deixar de usá-lo, tenho que repetir o curso?
R – Não. Uma vez que tenha recebido a transmissão ativadora de energia Reiki e as instruções para aplicar a técnica, você a tem para o resto da vida. A energia não se esgota, mas será ampliada com o uso. Frequentemente recebo cartas e e-mails de pessoas que não usaram a técnica Reiki por não menos de dois anos após fazer o Seminário. Estas pessoas tem sido capazes de “continuar onde pararam”, por assim dizer, e se beneficiaram de Reiki anos mais tarde.
16 – Como uma pessoa não se beneficiaria com o Reiki?
R – Não usando a técnica Reiki numa base regular como é ensinado no Seminário. Muitas vezes as pessoas estão procurando por uma solução rápida para dificuldades e doenças que levaram anos para acumular. Reiki não é um “truque”, mas é um método eficiente e preciso para ampliar, direcionar e usar energia de força vital natural – mas você tem que usá-lo para obter benefícios ! Reiki o ajuda a romper e transformar hábitos e costumes negativos em positivos e auto-renovadores.
17 – Reiki é eficiente em ajudar a controlar hábitos viciosos, como fumar excessivamente, alcoolismo e alimentar-se compulsivamente?
R – Sim. A técnica Reiki o ajuda a desbloquear a energia que está bloqueada em seus corpos físicos, emocionais e mentais. Reiki libera a tristeza reprimida, geralmente associada a tais vícios. A técnica Reiki também pode ser facilmente usada em qualquer lugar, por alguns minutos, em vez de fumar um cigarro, tomar uma bebida alcoólica, ou comer excessivamente.
Aplicar o Reiki dá-lhe um modo direto, fácil e seguro de formar um hábito em favor de seu próprio bem-estar. Reiki não é um substituto de exercício e alimentos vitais naturais.
18 – Como sou um artista, como pode o Reiki me beneficiar?
R – Reiki, por si só, é energia luz, força vital universal cósmica. É a própria essência da vida. Reiki é uma experiência especial para cada pessoa, e estimulará quaisquer talentos que ela tiver. De qualquer maneira estes talentos serão expressados criativamente em você.
19 – Porque essa técnica não é tão divulgada na mídia, como outras que também são meios de relaxamento?
R – Achamos que ela está sim, sendo divulgada ma mídia. A Associação Brasileira de Reiki dá muitas entrevistas a colegas seus. Mas, com meus 29 anos de prática de Reiki, aprendi que ele só chega às pessoas na hora certa.
20 – No Brasil há alguma outra instituição ligada à A.B.R.?
R – Sim, temos Núcleos em diversas cidades, que realizam um trabalho lindo, atendendo à comunidade da cidade.
21 – O que é a Associação Brasileira de Reiki ?
R – Fundada em abril de 1989, a Associação Brasileira de Reiki é a primeira organização de pessoas que estudaram Reiki em nosso país. Os objetivos principais desta Associação são : promover compreensão pública sobre o Reiki, estabelecer padrões profissionais e um Código de Ética para os que praticam Reiki, bem como estabelecer e manter altos padrões de excelência no treinamento e diplomação de Mestres/Professores de Reiki, a fim de que o público possa se assegurar da alta qualidade das aulas de Reiki por nós ministradas, seguindo os princípios inerentes do Reiki, que nos levam a captar, à vontade, independente do seu estado de consciência, uma ordem de energia chamada Rei, a Energia da Força Vital Universal.
Nota: O Reiki vai além das nossas limitadas idéias de cura e saúde e atinge a cada um no ponto exato da sua evolução.
O Reiki trabalha diretamente com o plano causal, isto é, não há necessidade do praticante ter qualquer habilidade para diagnosticar.
O Reiki é uma Energia Poderosa. É a Energia mais alta que a Ciência conhece, Energia –Luz, sem polaridade, sem o Yin e o Yang, sem o negativo e o positivo, que não pode ser manipulável.
A qualidade e quantidade dessa Energia não é o Terapeuta Reiki que determina, e sim o corpo da pessoa que está recebendo Reiki, a nível inconsciente, é que capta a qualidade e quantidade que necessita, nem mais nem menos. Portanto, não há perigo.
Reiki é uma dádiva de amor, e o amor é o melhor agente curador, é uma qualidade da Energia Vital, não é uma força criada por você.
Não há contra-indicações para se usar o Reiki; além do mais, sempre aconselhamos a pessoa a passar por uma consulta e exames médicos, se for o caso.


Claudete França
Psicóloga, Pedagoga, Mestre em Reiki e
Presidente da Associação Brasileira de Reiki 

terça-feira, 2 de agosto de 2016

Bem-Vindo Intercept!


Um fonte de informações independente, pluralista, honesta e profissional acaba de chegar ao Brasil. 

Quando o Intercept começou a escrever sobre a crise política que assolou o Brasil, ninguém tinha a menor ideia do impacto que isso geraria. Mas a reação foi extraordinária. Seus artigos sobre o Brasil (em inglês e português) têm aparecido entre as matérias mais lidas do jornal online com frequência e seu público tem crescido rapidamente.
Ficou claro que há um enorme apetite por formas alternativas de jornalismo no país. Há muito tempo, o quinto país mais populoso do mundo é dominado por um número reduzido de veículos de comunicação, dos quais a grande maioria apoiou o golpe de 1964 e os 21 anos da violenta ditadura de direita que se seguiram.
Essas instituições ainda pertencem às mesmas cinco famílias extremamente ricas e poderosas que tiveram um papel central nesse período. Em um país de tamanha diversidade  e pluralidade, esse monopólio resultou em um mercado de comunicação que asfixia a diversidade e a pluralidade de opiniões.
A equipe do Intercept acredita que a sede por um jornalismo mais independente, pluralístico e destemido vai além da crise política pela qual passa o país. Ao simplesmente ignorar grande parte da população, os grandes veículos de comunicação brasileiros mascaram os principais desafios sociais e econômicos presentes, assim como a diversidade de opiniões e movimentos existentes no país.
No fim de abril, a organização Repórteres Sem Fronteiras publicouseu ranking anual de liberdade de imprensa e o Brasil caiu para a 104ª posição, em parte devido à “propriedade dos meios de comunicação continuar concentrada nas mãos de famílias dominantes vinculadas à classe política.” Mais especificamente, o grupo observou que “de forma pouco velada, a mídia nacional dominante encorajou o povo a ajudar a derrubar a Presidente Dilma Rousseff” e “os jornalistas que trabalham nesses grupos midiáticos estão evidentemente sujeitos à influência de interesses privados e partidários, e esses conflitos de interesse permanentes são obviamente prejudiciais à qualidade do jornalismo produzido.”
Embora o Brasil desfrute de um dos conjuntos de jornalistas independentes e blogueiros mais dinâmicos e talentosos do mundo, eles normalmente enfrentam uma carência no apoio institucional necessário para que se atinja um impacto social amplo.
Com o intuito de ajudar a preencher essa lacuna, O Intercept anuncia hoje o lançamento do The Intercept Brasil. Para este projeto piloto, foi reunida uma excelente equipe de jornalistas e editores brasileiros (conheça a equipe aqui) que produzirão matérias originais sobre as questões políticas, econômicas, sociais e culturais a serem publicadas na versão em português do site. Também trabalharão com jornalistas freelance de destaque e outros veículos independentes. Além disso, traduzirão os artigos de interesse internacional para o inglês, além de publicar outras traduções de matérias do Intercept em português.
Além da publicação de conteúdo original, vão implementar os mesmos princípios de proteção de fontes que ocupam um espaço central na missão do Intercept. As mesmas tecnologias adotadas para que suas fontes forneçam informações confidenciais contando com a máxima proteção contra vigilância e ataques on-line (como o SecureDrop) também serão disponibilizadas para suas fontes de informação brasileiras. Os interessados em fornecer material para seus jornalistas no Brasil em sigilo podem começar através deste guia.
A crise política do ano passado enfatizou como a homogeneidade da mídia brasileira é uma ameaça à democracia e à liberdade de imprensa. Por ser um país vasto e diversificado, o Brasil agora ocupa um espaço importante no cenário internacional, e a maioria de seus problemas e conflitos são extremamente relevantes no âmbito internacional.
Assim, o Intercept Brasil tem dois objetivos: alavancar o reconhecimento deste país imprescindível por todo o mundo e fornecer uma plataforma para que os excelentes jornalistas e escritores brasileiros compartilhem informações essenciais com seus compatriotas sobre as questões políticas, econômicas e sociais de seu país.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

A Yoga Em Profundidade


 
A ciência da yoga é vastíssima e há origens na noite dos tempos. Como tal vem se desenvolvendo e  modificando com o passar dos tempos e muitos são aqueles que, certos ou errados, contribuíram para adaptar as milhares de técnicas aos seus anseios e propósitos.
Para entender melhor este grande mosaico, eu sugiro que o aspirante tenha sempre em mente a origem literal do nome: “União”. O bom senso na maioria dos casos guiará o verdadeiro devoto. O objetivo de todas as práticas na yoga é proporcionar uma boa meditação e o objetivo desta é desvendar a Verdade aos sinceros pesquisadores. Assim, se você for sincero em sua procura, Deus virá em seu socorro e te guiará pelo caminho mais adequado ao seu nível de aperfeiçoamento pessoal e de sua estatura espiritual.
Pessoalmente, eu tenho um pacto com Deus no qual eu Lhe ofereci minha inteira vida em troca da libertação final no dia em que eu abandonar meu corpo físico. Como resultado deste propósito, ele me enviou a yoga e tem me guiado pelos seus meandros, me ajudando a evitar encontros perniciosos e nocivos ao meu crescimento espiritual.
Meu objetivo é conhecer a Verdade revelada por Deus, sem intermediários, através das intuições e revelações que tenho na meditação, além do sexto sentido que desenvolvi ao longo dos anos.
Meu estilo de vida foi mudando à medida que fui progredindo espiritualmente, nunca precisei fazer algum sacrifício para abandonar maus hábitos e vícios. Minha transformação tem sido contínua e indolor. Aos poucos deixei de ser ansioso, apegado às coisas materiais, transmutei as energias sexuais em Ajna chakra, abandonei o desejo de agradar a todos, comecei a amar mais unanimemente todos os seres humanos. Me libertei da ira, das mágoas, da timidez, da tristeza e da solidão. Aprendi a apreciar o silêncio, os climas temperados e a natureza. Desenvolvi uma certa aversão pela carne e alimentos processados, industrializados, geneticamente modificados. Passei a preferir roupas e sapatos confortáveis, parei de assistir TV, embora assista alguns filmes e documentários na internet. Escolho melhor as notícias que leio e sobretudo aprendi filtrar o que não me parece ser verdade ou que tem como objetivo moldar e influenciar minha mente e pensamentos. Superei meus preconceitos e aprendi que nossas diferenças nos enriquecem, fazem com que o mundo seja mais interessante, cheio de vida. Agora vejo todos como filhos de Deus em busca da felicidade, da realização pessoal, o que nos torna irmãos.
Melhorei minha relação com Deus Agora tenho uma relação íntima e quotidiana com Ele, O considero meu Amigo. Encontrei meu guru, Paramhansa Yogananda, que me apareceu seja em sonho que pessoalmente, mesmo tendo já abandonado seu corpo. Não tenho mais medo da morte ou da velhice, desejo realmente o bem de todos e me alegro com o sucesso daqueles que amo.
A inveja, o ódio, a má fé, as incompreensões e os preconceitos não me turbam mais. Estou ainda trabalhando no sentido de me libertar do sentimento de angústia que sinto quando vejo injustiças, crueldades, desigualdades, enganos, mentiras, avareza e manipulações. Ainda não tolero ciúmes e sentimentos de possessividade, fanatismos, egoísmos e hipocrisias.
Aprendi a dar o máximo de mim mesmo sem ficar ansioso pelo resultado de minhas ações. Faço o que considero justo e espero na lei do karma. Pratico Hatha yoga e meditação todos os dias além dos pranayamas e da kriya yoga ensinado por Lahiri Marasaya de Benares, citado pelo meu guru Paramhansa Yogananda em seu livro Autobiografia de um yogue.
Tendo crescido em um lar cristão, encontrei muitas similaridades entre os ensinamentos de Jesus e os oito limbos descritos por Patânjali. A doutrina que aprendi quando era criança, unida ao código moral de meu pai, grande alma, sintetizam os Ashta (oito) anga (limbos), (Ashtanga) do Raja yoga.
Esta descoberta se uniu à minha convicção de que a Verdade existe desde sempre dentro de nós, que precisamos apenas despertá-la, que os únicos meios para adquirir conhecimento é através da percepção, da dedução e por meios de fontes confiáveis. Esta convicção, se demonstrou mais tarde, ser alinhada à filosofia Samkhya, uma das seis escolas ortodoxas da filosofia indiana. Para ter certeza de que a minha intuição e capacidade de dedução eram justas, decidi confiar em Deus e pedi sinais como prova de que estava no caminho certo. Os sinais foram abundantes. Estabeleci uma conversa com Deus na qual eu pergunto e Ele responde por vários meios, especialmente por via da meditação. Atingi uma paz interior inimaginável apenas alguns anos atrás e tenho certeza de estar no caminho certo.
Uma das minhas maiores conquistas foi superar as divisões que tinham sido inculcadas em mim pelos meus pais, amigos de infância, pela escola e pela sociedade. Essas divisões eram como amarras que limitavam a minha liberdade e com isso me impediam de ver claramente o que estava diante de meus olhos.
Fui descobrindo que muitas diferenças que eu considerava marcantes, eram na verdade apenas conceitos superficiais, baseados no medo e nos preconceitos, sem alguma razão ética ou moral para existir. Descobri que nossas diferenças nos fazem iguais, pois no fundo temos os mesmos sentimentos, anseios, sonhos, desejos e necessidades. O que estraga a raça humana é a ignorância, que é a raiz de toda maldade, insegurança, medo, egoísmo. Infelizmente os poderosos do mundo alimentam a ignorância nas populações de maneira tal que as pessoas jamais sejam realmente livres pois sendo livres elas não se sujeitariam ao jugo da escravidão à qual são forçadas inconscientemente.
A verdade me libertou através da yoga e da meditação. Gostaria que você meditasse sobre um versículo da Bíblia que amo muito. Está no evangelho  segundo São João 8:32: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.
Se você procura a verdade suprema, universal, primordial da formação e existência no Universo e sente que a verdade pode te libertar das amarras que te tornam infeliz, inseguro, ansioso, desgovernado, se crê que pode viver muito melhor consigo mesmo e com a sociedade do que está conseguindo atualmente, se está pronto para empreender o caminho da yoga, siga estes conselhos:
1.            Faça antes de tudo um propósito com Deus, para que Ele te guie e ilumine. Peça a Ele para que nunca te deixe enganado pois um dia você vai precisar desta âncora em seu percurso.
2.            Elimine tudo o que é supérfluo, faça uma faxina na sua vida incluindo armários, gavetas, amigos, contatos e qualquer tipo de excesso, Tudo isso constitui um peso desnecessário.
3.            Faça um exame de consciência e tente ser justo com você mesmo e com os outros, comece reconhecendo erros e pedindo desculpas, isso vai aliviar muito sua consciência e abrir espaço para a luz entrar.
4.            Procure pagar suas dívidas e não acumular outras, viva com o que você ganha sem fazer empréstimos, especialmente nos bancos, isso elimina preocupações desnecessárias.
5.            Adote uma dieta simples e o mais natural possível, sem exagerar ou se privar das coisas que você gosta. Apenas diminua alcoólicos, cigarros, drogas, refrigerantes, comidas muito elaboradas, farinha e açúcar brancos, isso te dará uma leveza inesperada, te ajudará a clarear a mente e perceber melhor os efeitos de seus progressos.
6.            Procure evitar o sexo casual mas não se imponha metas impossíveis nem tente agir contrariamente à sua natureza. Lembre-se que você está no caminho para a liberdade, não para as frustrações. Se estabelecer uma meta muito alta logo no início, sua mente e corpo não terão tempo para se adaptar e apreciar os benefícios, fazendo com que você desista de seu propósito.
7.            Tenha sempre em mente que você é uma criação de Deus e que Ele te fez assim com um propósito. Talvez você não compreenda este propósito mas confie em tua intuição e lembre-se de que você está procurando a verdade, você ainda não a conhece por inteiro, tenha paciência.
8.            Suas peculiaridades te enriquecem, seja orgulhoso delas mas jamais se deixe dominar pelo orgulho. A humildade é a maior das virtudes.
9.            Não julgue ninguém, nem você mesmo. Todos temos bons motivos para sermos como somos e você não conhece nem mesmo os seus, não tente adivinhar os motivos alheios. Rechace a ignorância.
10.            Adote um código moral severo mas não rígido. Lembre-se da lei do karma, ou do retorno. Queimando o karma mais rapidamente você vai atravessar muitos momentos de escuridão e solidão, não desista porque descontar seu karma faz parte de sua evolução, se não o fizer hoje, terá que fazê-lo amanhã ou em outras vidas futuras.
11.            Ofereça a Deus os frutos de todas as suas ações para não acumular mais karma, diminuindo assim a corrente das reencarnações.
12.            Uma vez que escolher seu caminho e tiver certeza que foi Deus que o indicou a você, mantenha-se firme nele, mesmo que possa parecer um caminho de segunda categoria. É o melhor para você com certeza.
13.            Não existe uma coisa chamada pecado, existem ações, atitudes e pensamentos que nos distanciam de Deus e outras que nos aproximam Dele.
14.            É impossível servir a dois senhores ao mesmo tempo, ou seja, estar na sensualidade, nas ilusões, nas fantasias e apegos do mundo e ao mesmo tempo ter intimidade com Deus. Nem é possível ter uma mente agitada e meditar ao mesmo tempo.
15.            Se suas vibrações estiverem nos chakras baixos, na sensualidade, na gula, nos excessos mundanos, no prazer do belo, do efêmero, pratique as asanas que elevam essas energias para os chakras altos e as sublimam e transmutam.
16.            Tome cuidado para não se tornar apático e pouco sociável, preze o equilíbrio em tudo o que for fazer.
17.            Prefira a companhia de pessoas com um alto valor moral e espiritual, você assimila as vibrações, cargas energéticas e humores das pessoas com as quais interage pela Força do magnetismo.
18.            Ouça música inspiracional e faça silêncio de vez em quando.
19.            Fale pouco, ouça mais, ria menos, sorria mais.
20.            Viva mais na espinha dorsal, ofereça todos os sentimentos, dúvidas, abstrações, emotividade, descontroles, alegrias e tristezas a Deus focando em Ajna, a sede do olho espiritual