Pesquisar este blog

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Faça Parte Desta Mudança

Isso Vai Mudar O Brasil 

Façamos algo simples e concreto pra melhorar nossas vidas. Façamos uma pausa reflexiva para que realmente possamos fazer a diferença. 
Vamos parar de denunciar, de gritar aos quatro ventos o óbvio ou aquilo que nos dizem de gritar. Vamos fazer algo pequeno, sem muito esforço mas unidos. 
O segredo está em unir nossas forças. Dessa forma esse pequeno gesto pode se transformar em uma mudança histórica, gigantesca.
As situações política e econômica no Brasil estão ficando cada vez mais perigosas e difíceis, ninguém quer  (ou deveria querer) uma guerra civil nem uma intervenção militar em nosso país. Por outro lado parece que ninguém consegue encontrar uma solução para as crises - política e econômica - que vão se alastrando pelo nosso país.
Faltam boas idéias, coesão política e acima de tudo falta entendimento por parte da população civil. A desinformação corre solta na internet e a propaganda de cada uma das partes só tem interesse em confundir ainda mais o pobre brasileiro que se vê entre a cruz e a espada.
Muitos fomentam o ódio e a separação para enfraquecerem o povo e conseguirem o poder. 

Não se iluda porém, do jeito que as cosias estão, só a união pode nos salvar.

Neste momento histórico o povo precisa unir-se para adotar medidas drásticas, porém democráticas e pacíficas contra o atual sistema político brasileiro que está completamente desacreditado e falido.
No setor privado toda empresa muda o quadro dirigente, aplica novas regras e promove mudanças na gestão em momentos de crises administrativas ou econômicas. O mesmo precisa ser feito no setor público. Se a máquina administrativa emperrou, vamos ajustá-la, consertá-la e até mesmo desmantelá-la se isso for necessário para que o pais continue seu caminho em direção de um futuro mais justo e promissor do que o passado. Não podemos voltar atrás nem aceitar que estagnemos em um limbo onde as reformas faliram, o sonho acabou e a esperança nos abandona dando lugar ao conformismo e no pior dos casos ao desespero.

A reforma política que está sendo feita pelo Legislativo é  um escândalo, não traz nenhuma mudança efetiva à vida política do país e o presidente da Câmara dos deputados ainda quer forçar a aprovação dos financiamentos aos partidos por parte das empresas.
Isso comprometeria profundamente a democracia pois legalizaria o sistema de compra de votos dos deputados e senadores, governadores, enfim, de toda e qualquer pessoa eleita pelo povo. 
Corporações que tendem a impor interesses contrários aos da população em geral e que têm controle sobre bancos, sobre a mídia e sobre outras áreas estratégicas poderiam facilmente formalizar acordos com candidatos para que estes defendam seus interesses uma vez que forem eleitos. A lógica é simples, quem financia um candidato tem o voto dele depois de eleito.
Eu encontrei a proposta a seguir em uma rede social, fiz alguns ajustes que achei necessários  e resolvi repassar para tentar sensibilizar a parte da população que ainda não está engajada no processo político brasileiro e para que juntos  possamos também convencer os deputados e senadores que devem votar a Reforma Política definitiva. 
Por favor leia e se você concordar com o que está escrito comente e compartilhe, assim estará dando um grande contributo ao Brasil e ajudando a si mesmo. 

Lembre que a política determina toda a nossa vida. 

A política determina quanto pagamos de impostos, os serviços que temos em troca disso, a liberdade que temos de nos expressar, de ir e vir, a liberdade de religião, de pensamentos. Ele determina o que é feito para garantir nossa segurança e bem-estar. Se você votar certo, você indiretamente é remunerado por isso mas se votar errado é seu bolso que vai sofrer as conseqüências.
Tudo o que chamamos de público é pago com o nosso dinheiro. Agora imagine se você deixasse sua empresa sob a administração de desconhecidos e nunca fosse lá controlar o que estão fazendo. 
Imagine que você lhes mande o salário todo mês por meio de débito automático na sua conta (é o que fazemos com o pagamento dos impostos, eles são embutidos nos preços dos produtos que compramos). 
O que esses funcionários fariam com o seu dinheiro? Pensa que eles trabalhariam duro para garantir os seus lucros, para melhorar os seus investimentos, procurariam incansavelmente pelo melhor negócio para você?
É isso que fazemos com a administração pública. Eles recebem os nossos impostos (40% do que ganhamos) e os gastam do jeito que bem querem, dividem essa fortuna entre eles e ninguém vai lá fiscalizar.
Precisamos mudar isso urgentemente para garantir uma melhor qualidade de vida para todos pagando muito menos impostos. Podemos ter melhores serviços e melhores infra estruturas como estradas, pontes, aeroportos, hospitais, escolas, uma polícia mais bem treinada e equipada, melhores presídios gastando muito menos do que pagamos hoje em dia se eliminarmos os desperdícios e se nossos políticos realmente trabalharem para servir o povo que lhes paga.
Para obter isso precisamos no unir em torno da idéia e fazer pressão de todas as formas democráticas possíveis para convencer o governo federal a votar esta reforma ainda que isto seja contra seus interesses egoísticos. Eles o farão somente se não puderem resistir, se forem forçados a isso mas podemos convencê-los se acreditarmos nessa idéia. Eles são pouquíssimos em relação à população de 204 milhões de brasileiros.

Esta é a idéia base:

Queremos exercitar um controle efetivo sobre o operado da administração pública através de mecanismos que nos permitam trocar seja o executivo que o legislativo em qualquer momento se assim o desejarmos como faz o setor privado.

Precisamos incluir na Reforma Constitucional, esta PEC de iniciativa popular: Lei de Reforma do Congresso (proposta de emenda à Constituição Federal)
  1. Os cidadãos podem demitir os políticos que não cumprirem as promessas de campanha, que se mostrarem ineficientes, incapazes ou preguiçosos através de denuncia ao STF. Este processo deve ser gratuito e de fácil acesso a todos os cidadãos;
  2. Aqueles que investirem mal o dinheiro público devem ser condenados a devolver o dinheiro aos cofres públicos e nos casos de má fé ou corrupção devem ser julgados por um tribunal popular e mandados à uma cadeia comum, junto com os presos comuns. Fica assim eliminado o Foro Privilegiado;
  3. Devemos criar um mecanismo de controle do trabalho dos políticos que seja acessível a todos seja online que garantindo o acesso do cidadão aos arquivos e contabilidade de todo o setor público;
  4. Toda a contabilidade de qualquer órgão público deve ser publicada online de maneira clara e de fácil compreensão;
  5. Um candidato só pode se reeleger uma vez para qualquer cargo público.
  6. Fica abolida qualquer sessão secreta e não-pública para qualquer deliberação efetiva de qualquer uma das duas Casas do Congresso Nacional. Todas as suas sessões passam a ser abertas ao público e à imprensa escrita, radiofônica e televisiva.
  7. O congressista será assalariado somente durante o mandato. Não haverá ‘aposentadoria por tempo de parlamentar’, mas contará o prazo de mandato exercido para agregar ao seu tempo de serviço junto ao INSS referente à sua profissão civil.
  8. O Congresso (congressistas e funcionários) contribui para o INSS. Toda a contribuição (passada, presente e futura) para o fundo atual de aposentadoria do Congresso passará para o regime do INSS imediatamente. Os senhores Congressistas participarão dos benefícios dentro do regime do INSS exatamente como todos outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.
  9. Os senhores congressistas e assessores devem pagar por seus planos de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.
  10.  Aos Congressistas fica vetado aumentar seus próprios salários e gratificações fora dos padrões do crescimento de salários da população em geral, no mesmo período.
  11. O Congresso e seus agregados perdem seus atuais seguros de saúde pagos pelos contribuintes e passam a participar do mesmo sistema de saúde do povo brasileiro.
  12. O Congresso deve igualmente cumprir todas as leis que impõe ao povo brasileiro, sem qualquer imunidade que não aquela referente à total liberdade de expressão quando na tribuna do Congresso.
Exercer um mandato no Congresso é uma honra, um privilégio e uma responsabilidade, não uma carreira. Parlamentares não devem servir em mais de duas legislaturas consecutivas.
“Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mínimo de vinte pessoas, em três dias a maioria das pessoas no Brasil receberá esta mensagem. A hora para esta.
PEC - Proposta de Emenda Constitucional - é AGORA.
É ASSIM QUE VOCÊ PODE CONSERTAR O CONGRESSO.
Se você concorda com o exposto, REPASSE.  
Por favor, mantenha esta mensagem CIRCULANDO para que possamos ajudar a reformar o Brasil.
Não se acomode !!!!Não adianta apenas reclamar!!!                      Não custa repassar!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor me de a sua opiniao