Pesquisar este blog

domingo, 31 de maio de 2015

O que é Tai Chi Chuan

Tai Chi Chuan é uma arte marcial chinesa interna (nei jia), de orientação taoista, que combina exercícios corporais milenares conhecidos como chi kung e tao yin, que envolvem a respiração, a concentração e os preceitos da Medicina Tradicional Chinesa.

O termo Tai Chi Chuan pode ser traduzido como  "técnica de combate à mão da suprema cumeeira" ou "boxe da suprema cumeeira".
Tai significa “o maior”, “o mais alto”, “supremo”, “absoluto”; Chi significa, literalmente, a parte mais alta do telhado - “cumeeira” e Chuan significa Punho, simbolizando “soco”, “luta à mãos livres” (desarmadas), “boxe”.
Existem muitas formas de tai chi, com as mãos livres ou com armas, como espada, leque ou sabre. O estilo mais antigo é o Estilo Chen e entre os mais populares estão os estilos Yang e Pai Lin.

Movimentos do Tai Chi Chuan


Os movimentos do Tai Chi Chuan são suaves, cíclicos, fluídos e requerem plena atenção mental, devendo ser comandados pelo centro do corpo (região do alto das coxas até a altura do umbigo).
As sequências de movimentos no Tai Chi Chuan são denominadas "formas". No Estilo Chen, as formas antigas são compostas por 75 ou 83 movimentos, embora haja também formas curtas de 19 e 38 movimentos.
No Estilo Chen de Tai Chi Chuan, os movimentos podem ser maioritariamente lentos ou rápidos e explosivos, quando pratica-se o fajin.

Origens e Influências do Tai Chi Chuan


O Tai Chi Chuan foi criado sob influências das práticas Taoístas de circulação de energia, que visavam aumentar a vitalidade e melhorar a circulação da energia, fundamentado sobre a observância das leis naturais do Yin e Yang.

Contudo, o Tai Chi Chuan nasceu como uma arte marcial refinada que seria ensinada dentro da própria família do seu fundador. De fato, o Tai Chi Chuan é a única arte marcial que foi criada para preservar a saúde do praticante.