Pesquisar este blog

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Testemunho

A palavra veio em Isaias 6.
Eu tinha orado pedindo uma palavra sobre uma específica situação.
Eu tinha pedido uma indicação de quanto tempo ainda ia durar a minha prova em Londres. Não que eu estivesse cansado da prova mas porque eu queria saber se eu podia começar a fazer planos para o futuro.
Eu disse "Senhor, se eu tiver que ficar ainda muito tempo aqui, por favor, me dê um carro pra eu ir pra igreja e pra eu poder viajar um pouco pela Inglaterra, eu quero também uma casa pra mim, onde eu posso ditar as regras, talvez condividir com alguém que pratica Yoga, alguém que ama a Deus como eu amo, alguém que esteja procurando a Verdade como eu.
Quero tambem um trabalho melhor, que eu possa ganha mais e possa ter o sábado livre pra viajar, visitar:
Quero tambem um companheiro. Alguém que Te ame como eu amo, alguém com quem eu possa falar de Deus com tranquilidade, intimidade. Alguém que eu possa confiar de deixar tomando conta das minhas coisas quando eu viajar."
Orei também pedindo pra Deus tomar conta dos Israelianos e Palestinos, pra Deus acabar com aquela guerra onde tantas pessoas inocentes sofrem.
No dia anterior durante a meditação eu tinha sentido que o som do Om estava começando a se manifestar e eu tive um rápido pensamento de que eu não teria sabido como agradecer, como se eu não fosse digno de receber a unção do Espírito Santo, mas mesmo assim me deixei levar e o Espirito Santo me visitou de uma maneira extraordinária .
Então eu pedi a Deus pra me dar mais disso. Eu pedi pra Ele me dar mais tempo e disposição pra praticar yoga e meditar.
Se como eu tinha bebido duas cervejas na hora do almoço ( no sábado ), eu tinha notado que o álcool endurecia muito as minhas juntas e dificultava a prática das asanas, então eu decidi parar completamente de beber, desta vez eu estava decidido, nunca mais, nem um gole.
Pedi a Deus pra me dar força nesse sentido também .
Na semana anterior eu tinha falado como o Reginaldo por telefone e tinha dito a ele que pedisse a Palavra em relação à venda da minha terra e que eu também teria pedido a plavra aqui no domingo seguinte.
Assim o fiz.
Eu estava cheio de expectativas quando me ajoelhei na Congregação para a oração de comunhão. Eu apresentei todos estes tópicos a Deus e pedi a palavra.
Preciso dizer que nas semanas passadas Deus tinha falado sempre comigo através da Palavra sobre os assuntos que eu tinha pedido a Ele pra falar.
Ele tinha dito que se eu queria trabalhar na obra dele aqui em Londres então ele deixava.
Eu estava (estou) certo de que Deus tem um obra muito importante aqui nesta cidade e está me usando pra realizá-la.
Eu sempre oro perguntando a Deus porque aqui tem tanto ódio, tanta ignorância , tanto egoísmo. Eu tenho certeza que a transformação deste país passa através do amor, através da destruição do ódio, do egoísmo, do espírito do mal.
A palavra disse quanto segue:
Isaías 6
1 ¶ No ano em que morreu o rei Uzias, eu vi também ao Senhor assentado sobre um alto e sublime trono; e a cauda do seu manto enchia o templo.
2 Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam.
3 E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória. ( o Hino Santo, Santo, Santo tinha vindo na minha mente mas eu não o pedi, preferi pediro o 198 do hinario 4 Sou um peregrino aqui)
4 E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça.
5 ¶ Então disse eu: Ai de mim! Pois estou perdido; porque sou um homem de lábios impuros, e habito no meio de um povo de impuros lábios; os meus olhos viram o Rei, o Senhor dos Exércitos. (na minha meditação de sábado, o dia anterior, eu tinha sentido que não era digno da manifestação do Espírito Santo)
6 Porém um dos serafins voou para mim, trazendo na sua mão uma brasa viva, que tirara do altar com uma tenaz;
7 E com a brasa tocou a minha boca, e disse: Eis que isto tocou os teus lábios; e a tua iniqüidade foi tirada, e expiado o teu pecado. (durante a Palavra o pregador falou que as vezes Deus põe a gente de castigo como um pai, quando a criança comete algum erro, a gente fica olhando os outros brincarem e nao podemos sair do cantinho, eu estava pensando em como eu não podia viajar pela Inglaterra, em como eu era obrigado a viver na casa dos outros obedecendo as regras deles, de como eu era obrigado a sofrer humilhações no trabalho para ganhar somente o necessário pra sobreviver; me lembrava também de como eu tinha passado por uma terrível enfermidade há pouco mais de dois anos atrás em que a minha vida ficou por um fio...)
8 Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim. (eu tinha pedido ao Senhor pra me usar na Sua obra e Ele tinha dito que se eu quisesse servi-lo Ele deixava, isso já há algumas semanas atrás ).
Este texto da Bíblia é muito interessante porque Isaías teve que renunciar aos seus pecados para poder servir a Deus.
Na Palavra foi feita uma explicação de como as nossas vaidades, o apego às coisas materiais e às ilusões terrenas funcionam como uma fardo, uma âncora que nos mantém ancorados à terra nos impedindo de voar para Deus, dizendo que a sensualidade, as ilusões do mundo são sintomas do mal enquanto Deus está no alto.
Isso faz uma analogia com os ensinamentos do Yoga segundo os quais os chacras baixos representam a sensualidade, a matéria , enquanto os chacras altos representam a espiritualidade.
Tudo que é sensual, terreno, material tem ligações com os chacras baixos enquanto tudo o que espiritual, elevado, divino tem relações com os chacras altos.
Falou também sobre a relação que existe entre o corpo e a alma, dizendo que o que a gente faz com o corpo se reflete na alma, (o princípio do Hatha Yoga), exortando a purificar o corpo com ações sanas e um comportamento reto. ( Os yogis vão além da prática das asanas renunciando também a comer carne, que tem em si as energias do medo e da raiva do animal na hora da morte. Obviamente evitamos o álcool , o fumo, as drogas e o sexo promíscuo também ).
O pregador também falou de conversão.
Usou o exemplo de Saulo que pensando de fazer a vontade de Deus, seguindo à risca as leis da épica , perseguia os cristãos .
Assim, hoje em dia nas igrejas existem alguns crentes que julgam aqueles que lhes parecem diferentes achando que estão fazendo a vontade de Deus quando na verdade muitos daqueles que se esforçam para assistir ao culto e as vezes saem da igreja sem fazer amizade com os outros, sem ficarem de muita conversa, podem ter muita comunhão com Deus, orar uma hora por dia sem contar nada pra ninguém, eles aprendem diretamente de Deus, porque Deus lhes revela a verdade.
Eu pessoalmente prefiro o silêncio depois da Palavra para melhor meditar, entender e relembrar o que foi dito. Por ser uma pessoa que medita eu creio que Deus se manifesta mais no silêncio e evito conversas e risatas fúteis, especialmente depois de um culto.
Pensei na minha hora diaria de meditação. Eu tinha me lamentado algumas vezes com minha irmã Vânia e como o meu cunhado, irmão em cristo, Reginaldo sobre o fato de não me sentir em familia nesta Congregação, de me sentir meio acanhado é até mesmo esnobado por parte da irmandade.
Eu sinto uma certa frieza em relação a mim, me sinto julgado por certos olhares ao ponto de não ter coragem de me levantar pra dar o meu testemunho.
As vezes eu me levanto de manhã decidido a dar o meu testemunho mas quando eu chego na Igreja eu perco as forças .
Quando isto acontece Deus sempre usa outra pessoa pra falar o que eu tinha pensado em falar.
O pregador exortou a irmandade a amar mais, a ir atrás desses crentes na saída, conversar, perguntar por intermédio de quem eles estão congregando e procurar conhece-los melhor porque eles podem ter muito o que ensinar.
Disse também que Deus fala com a gente o que a gente Precisa ouvir, nao o que a gente Quer ouvir.
Meditei muito sobre isso nos dias seguintes, chorei muito na segunda-feira para concluir que a data, a esperança que eu fui buscar em relação à duração da minha prova não veio na Palavra; veio a exortação a renunciar a todos os meus desejos se eu quiser servir a Deus. Aceitei o desafio depois de pedir forças à Deus. Creio que seja possível, se não o fosse, como veio em outra Palavra semanas antes, ele não me pediria.

9 ¶ Então disse ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis.(eu tinha publicado o seguinte post na minha página do Facebook na sexta-feira antecedente: "
...filmes, futebol, cerveja, e acima de tudo, o jogo, enchia o horizonte de suas mentes.
Mantê-los sob controle não era difícil. Alguns agentes da Polícia se moviam sempre entre eles, espalhando falsos rumores, fazendo marcação e eliminando os poucos indivíduos que eram julgados capazes de se tornar perigosos; mas nenhuma tentativa foi feita para doutriná-las com a ideologia do partido. Não era desejável que a prole tivesse fortes sentimentos políticos. Tudo que era necessário neles era um primitivo patriotismo para o qual se poderia apelar sempre que fosse necessário para faze- los trabalhar até tarde ou aceitar mais curtas rações de alimentos. E mesmo quando eles se tornavam- se descontentes, como aconteceu uma vez, o seu descontentamento nao os levou a lugar nenhum, porque sem idéias gerais, complexivas, eles só poderiam concentrar- se em pequenas específicas queixas."
Claramente estava fazendo uma comparação entre as nossas sociedades atuais e a realidade -ficção do livro de George Orwell publicado em 1949, que vislumbrava uma sociedade espiada pelo Grande Irmão, um governo parecido com alguns governos atuais.
Eu estava lendo o livro em inglês e achei este trecho interessante.
Na segunda-feira seguinte, o jornal Metro de Londres publicou  o artigo fotografado aqui do lado:

10 Engorda o coração deste povo, e faze-lhe pesados os ouvidos, e fecha-lhe os olhos; para que ele não veja com os seus olhos, e não ouça com os seus ouvidos, nem entenda com o seu coração, nem se converta e seja sarado.
11 Então disse eu: Até quando Senhor? E respondeu: Até que sejam desoladas as cidades e fiquem sem habitantes, e as casas sem moradores, e a terra seja de todo assolada. (eu tinha orado perguntando até quando a minha prova aqui em Londres iria durar)
12 E o Senhor afaste dela os homens, e no meio da terra seja grande o desamparo. (tinha orado pelos Israelenses e Palestinos...)
13 Porém ainda a décima parte ficará nela, e tornará a ser pastada; e como o carvalho, e como a azinheira, que depois de se desfolharem, ainda ficam firmes, assim a santa semente será a firmeza dela.


Eu notei que o culto na congregação é um ritual sagrado, poderoso na sua pureza e simplicidade.
Inicia com o hino do Silêncio;
"Deus seja louvado, iniciamos este culto no nome do Senhor Jesus":
Três hinos dos quais o primeiro de pé;
A oração de joelho;
um hino:
testemunhos;
os avisos;
um hino:
a Palavra;
a oracao de joelho;
outro hino de pé;
Os dizeres "Que a graça , a paz....Amém"
Ate mesmo os testemunhos teem um formula:
"Deus seja louvado. Eu agradeço a Deus... e termina com Deus seja louvado"
Eu sempre fui meio reticente a aceitar os rituais, por alguma razao inconsciente eu nao gostava dos rituais, ate' que em um post do meu primeiro tutor de Yoga, Virgil, no Facebook, ele esclarece o valor do ritual, de uma maneira que ficou facil pra mim entender o poder dos rituais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor me de a sua opiniao