Pesquisar este blog

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Israel aliena simpatias no mundo inteiro

Israel emplode a si mesmo no

Ataque violento contra uma escola em Gaza


Um Ultraje o bombardamento por tanques de Israel a um edifício das Nacões Unidas matando pelo menos 15 pessoas e ferindo 200


Israel foi condenada na última noite depois que seus tanques bombardearam uma escola das Nacões Unidas em Gaza matando pelo menos 15 pessoas - a maior parte crianças - e ferindo mais de 200.

O secretário geral da ONU Ban Ki-moon disse estar estarrrecido com o ataque ao complexo na cidade de Beit Hanoun ao norte de Gaza, que era usada como abrigo para refugiados Palestinenses.
"Eu condeno fortemente este ato. Muitos morreram - incluindo mulheres e crianças , assim como membros do staff da ONU", ele acrescentou.

Uma perturbada testemunha Laila Al-Shinbari disse que as famílias tinham se reunido de fora do edificio esperando para serem evacuadas em um comboio da Cruz Vermelha.
" Todos nós estávamos sentados em um lugar quando de repente quatro bombardeiros aterrizaram sobre nossas cabeças.
Os corpos ficaram no chão, tinha sangue e gritos", ela soluçou.
'Meu filho morreu e todos os meus parentes estão feridos incluindo meu outro filho."

Livros, travesseiros e outros pertences estão disseminados pelo pátio apos a explosão.
Em um canto, um chinelo com uma flor amarela está ao lado de um poço de sangue.
O porta voz da ONU Chris Gunnes disse que o ataque por tanques aconteceu apesar de Israel ter preventivamente recebido precisas coordenadas sobre o lugar. (Por parte da ONU).
Os militares israelianos dizem que ja reviram o "incidente" mas acusam Hamas de terem desparado foguetes na área e em escolas e hospitais , assim o ato de apontar o dedo contra continuou.

Israel insiste que está fazendo o máximo possível para evitar mortes de civis mas um porta voz de Hamas Fawzi Barhoum descreveu o ataque como um 'massacre'.
O ataque aconteceu assim que esconderijos de foguetes pertencentes aos militantes palestinos foram descobertos em duas escolas vazias ontem, uma descoberta "fortemente" condenada pela ONU.

Entando o ministro do exterior britânico Philip Hammond pediu aos dois lados para respeitar as leis internacionais e disse que Hamas deve aceitar uma cessar fogo "Incondicional".

As mentiras descaradas continuam por parte de Peres quando se diz triste por abandonar o poder no meio do conflito.

Shimon Peres terminou o seu mandato como presidente de Israel onttem e disse que estava triste por coroar sua carreira politica que durou sete décadas por familias enlutadas.

O vencedor do premio Nobel em 1990 entregou o cerimonial a Reuven Rivlin dizendo que Hamas é o culpado pelo conflito mas enfatizou também "Israel não é o inimigo do povo de Gaza". Ele proseguiu dizendo: "Eu não imaginei que nos ultimos dias da minha carreira eu teria sido chamado para consolar familias em luto". O tema de Rivlin foi similar:" Não estamos atacando o povo Palestino, estamos atacando (pasmem) o terrorismo". !!!!

P.S. Neste caso os terroristas seriam as crianças e mulheres junto com os funcionários da ONU...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor me de a sua opiniao