Pesquisar este blog

sábado, 1 de março de 2014

Métodos Ocidentais Comprovam A Ciência da Acupuntura

O número de médicos acupunturistas e terapeutas holísticos que trabalham com diferentes técnicas sobre os meridianos da Medicina Tradicional Chinesa está crescendo em todo o mundo.

Esse fenômeno vai de mãos dadas com a crescente demanda por parte das pessoas por métodos de cura alternativa natural.
Infelizmente, apesar disso, os puristas da ciência ainda não consideram a acupuntura e outras técnicas dela derivadas como tratamentos legítimos.
No entanto, parece que, finalmente, a ciência tem sido capaz recentemente de verificar visualmente a existência de pontos de acupunctura e meridianos.
Esses últimos são os vasos, no interior do corpo que transportam a energia vital, como se fossem os fios de um circuito elétrico.
Usando uma nova técnica para a captura de imagens e tomografia computadorizada, de fato, os pesquisadores observaram pontos concentrados nas estruturas microvasculares, que correspondem claramente aos pontos sobre os quais trabalham os especialistas da medicina energética há cerca de 2.000 anos.
No estudo, publicado no Journal of Electron Spectroscopy e fenômenos relacionados, os pesquisadores usaram uma técnica de contraste de imagem seja sobre os pontos de acupuntura que em outras partes do corpo.
Este exame revelou uma clara distinção entre os pontos comuns e as estruturas anatômicas constituídas pelos pontos de acupuntura.

Tomografia computadorizada revela estruturas anatômicas de pontos de acupuntura.
A tomografia computadorizada é uma técnica que usa raios-X para criar imagens transversais.
Neste estudo, os pesquisadores utilizaram uma técnica especial, graças à qual é observada uma maior densidade de microvasos correspondentes aos pontos de acupuntura, bem como uma grande quantidade de estruturas microvasculares primárias.
Esta nova descoberta demonstra a existência física dos pontos de acupuntura. Netse estudo publicado no journal of Electron Spectroscopy os pesquisadores utilizaram imagens in-line de contraste de fase CT com radiação sincroton sejam nos pontos não considerados de acupuntura e naqueles de acupuntura.
As tomografias revelaram distinções claras entre os pontos.
Os pontos de acupuntura têm uma maior densidade de micro-vasos e contém uma grande quantidade de estruturas microvasculares em volta. Os pontos de acupuntura ST 36(zusanli) e ST37 (shangjuxu) demonstraram ter diferenças estruturais muito diferentes das áreas circundantes.
Nos pontos de acupuntura, densidades microvasculares com bifurcações "podem ser vistos claramente em torno de vasos sangüíneos espessos", mas áreas de pontos de não -acupuntura apresentaram poucos vasos sangüíneos espessos e nenhum deles apresentou estruturas de alta densidade.
De acordo com a medicina tradicional chinesa, agora comprovada também por vários estudos científicos ocidentais, a energia vital flui no interior do corpo através de um complexo sistema de vasos sangüíneos conhecidos como meridianos. Assim ela segue o livre fluxo do sangue ao redor do corpo.
Se a circulação do sangue for limitada, consequentemente também o movimento da energia vital o será.
Isto irá causar desarmonia na função dos órgãos que normalmente funcionam de forma simbiótica.

As artes físicas e esotéricas de Tai Chi e Qi Gong trabalham para melhorar o fluxo do sangue, para que a energia vital também flua mais livremente.
O efeito é o de uma melhoria da saúde e um sistema imunológico mais forte. Consequentemente se há muito mais energia e harmonia, seja mental que emocional.

Tudo isso agora parece finalmente validado cientificamente, graças a esta pesquisa que conclui que os pontos de acupuntura têm altas concentrações de microvasos perto da superfície da pele.
Os pontos também parecem intimamente relacionados com determinadas áreas do corpo onde se concentra mais sangue.

Este estudo também identifica os principais meridianos do corpo, descobertos há mais de 2.000 anos atrás, durante o reinado do Imperador Amarelo, Huang Di, considerado o fundador da Medicina Chinesa e Acupuntura.

Outras pesquisas levaram, através de ressonância magnética e imagens de infravermelhos, além de fotografia térmica LCD, ultra-sons e outras técnicas de tomografia computadorizada, à descoberta da estrutura de pontos de acupunctura e meridianos.

Os estudos com microssensores de oxigénio amperométricos revelaram uma variação da pressão parcial de oxigénio, o que mais uma vez, corresponde aos mapas da energia no corpo humano desenvolvido pelos chineses.
Aqui estão as fotos:

Todas estas novas pesquisas dão suporte à medicina alternativa complementar, que sem dúvida, proporciona cura e alívio à muitas pessoas, mas ao mesmo tempo é subestimado e ridicularizado por céticos e cientistas puristas.
Muitos críticos da acupuntura afirmam que ela nada mais é do que o efeito placebo.
Estas novas pesquisas os desmentem.


 #repost @lilianredes.acupuntura #acupuntura #acupunturista #acupuncture #medicinatradicionalchinesa #traditionalchinesemedicine #farmacia #farmaceutica #tomografia #pontosdeacupuntura #lovemyjob #work #saude #medicinaalternativa