Pesquisar este blog

segunda-feira, 17 de junho de 2013

As Causas do Câncer

Muito poucas pessoas no mundo sabem disso, porque este fato está escondido pelas indústrias farmacêuticas e de alimentos.
Em 1931, o cientista alemão Otto Heinrich Warburg recebeu o Prêmio Nobel pela descoberta da principal
causa do câncer.
Só isso.
Ele descobriu a causa primária do câncer e ganhou o Prêmio Nobel.
Otto descobriu que o câncer é o resultado de um estilo de vida fisiológica e anti-fisiológico de energia.
Por quê? Uma vez que tanto com um estilo anti-nutricional fisiológico (dieta baseada em alimentos acidificantes) e inatividade física, o corpo cria um ambiente ácido. (No caso de inatividade, as células não têm uma boa oxigenação.)
A acidez das células expele oxigênio.
A falta de oxigênio nas células cria um ambiente ácido.

Ele disse: "A falta de oxigênio e a acidez são as duas faces da mesma moeda. Se uma pessoa tem um, o outro também " Ou seja, se uma pessoa tem excesso de acidez, assim faltará automaticamente oxigênio em seu sistema.

Se não há oxigênio, a acidez no corpo vai aumentar.
Ele também disse: "As substâncias ácidas repelem o oxigênio, ao contrário das alcalinas, que atraem o oxigênio."
Isto é, um ambiente ácido é um ambiente sem oxigênio. Ele afirmou: "Privar uma célula de 35% de seu oxigênio por 48 horas, pode convertê-la em um câncer".
"Todas as células normais têm a necessidade absoluta de oxigênio, mas as células cancerosas podem viver sem oxigênio." (A regra sem exceções.)
"Os tecidos dos tumores são ácidos, enquanto que os tecidos saudáveis ​​são alcalinos."
Em sua obra "O metabolismo dos tumores", Otto mostrou que todas as formas de câncer são caracterizadas por duas condições fundamentais: a acidose no sangue (ácido) e hipóxia (falta de oxigênio). Ele descobriu que as células cancerosas são anaeróbias (não respiram oxigênio) e não podem sobreviver na presença de altos níveis de oxigênio.
As células cancerosas só podem sobreviver com a glicose e um ambiente livre de oxigênio.
Portanto, o câncer nada mais é do que um mecanismo de defesa que tem algumas das células do corpo para sobreviver em um ambiente ácido e privadas de oxigênio.
Em resumo: As células saudáveis ​​vivem em um ambiente oxigenado e alcalino que permite a operação normal. As células tumorais vivem em um ambiente ácido e sem oxigênio suficiente.

Importante:

No processo digestivo, o alimento, - dependendo da qualidade da proteína, hidratos de carbono, gorduras, vitaminas e minerais - cria e fornece uma condição de acidez ou alcalinidade no corpo.
Em outras palavras sua saúde depende unicamente do que você come.
O resultado acidificante ou alcalinizante é medido por uma escala chamada PH, cujos valores variam de 0 a 14, com um pH 7 neutro.
É importante saber como os alimentos ácidos e alcalinos afetam a saúde, uma vez que as células funcionem adequadamente.
Deve ser um valor de pH ligeiramente alcalino (ligeiramente acima de 7). Em uma pessoa saudável, o pH do sangue situa-se entre 7,4 e 7,45. Se o pH do sangue de uma pessoa abaixa a menos de 7, ela entra em coma.

 Os alimentos que acidificam o corpo são:

 * O açúcar refinado e todos os seus subprodutos. (É o pior de todos: não tem proteína, sem gordura, vitaminas ou minerais, apenas carboidratos refinados que esmagam o pâncreas) O seu pH é de 2,1 (muito ácida)
 * Carne. (Todas)
 * Produtos de origem animal (leite e queijo, iogurte, etc.)
 * Sal refinado. (o ideal é comprar o sal grosso e moê-lo se for necessario).
 * Farinha refinada e todos os seus derivados. (Massas, bolos, biscoitos, etc)
 * Pão. (A maioria contêm gorduras saturadas, margarina, sal, açúcar e conservantes)
 * Margarina.
 * A cafeína. (Café, chá preto, chocolate)
 * Álcool.
 * Tabaco. (Cigarros)
 * Os antibióticos e medicamentos em geral.
 * Todo o alimento cozido. (O cozimento elimina o oxigênio e transforma o alimento em ácido. Mesmo os legumes cozidos)
 * Todos os alimentos processados, enlatados, que  contêm conservantes, corantes, aromatizantes, estabilizantes, etc.
O sangue se ajusta constantemente para  não cair em acidose metabólica, garantir o bom funcionamentodo organismo e otimizar o metabolismo celular.
O corpo tem que ter os  minerais básicos para neutralizar a acidez do sangue no metabolismo, mas todos os alimentos mencionados acima (especialmente os refinados) acidificam o sangue e amaciam o corpo. Devemos levar em conta que no modo de vida moderno estes alimentos são consumidos pelo menos três vezes por dia, 365 dias por ano e todos esses alimentos são anti-fisiológicos.

 Os alimentos alcalinizantes são:


* Todos os vegetais crus. (Alguns são ácidos ao paladar, mas a reação dentro do corpo é alcalinizante.

Outros são um pouco ácidos, no entanto, fornecem a base necessária para o equilíbrio correto)

Vegetais crus produzem oxigênio, e não os cozidos.

 * Os frutos, a mesma coisa. Por exemplo, o limão tem um pH de cerca de 2,2, no entanto, dentro do corpo é altamente alcalino. (Provavelmente o mais poderoso de todos, não se deixe enganar pelo sabor azedo)

* Os frutos produzem oxigênio suficiente.

 * Algumas sementes, como amêndoas são fortemente alcalinas.

 * Grãos integrais: O único cereal alcalinizante é o alpiste.

Todos os outros são ligeiramente ácidos, no entanto, uma vez que a dieta ideal necessita de uma percentagem de acidez, é bom  consumir alguns.

Todos os cereais devem ser consumidos cozidos.

* O mel é altamente alcalinizante.

 * A clorofila da planta é fortemente alcalina. (De qualquer planta, em particular, o  aloe vera)

 * A água é importante para a produção de oxigênio. "A desidratação crônica é a tensão principal do corpo e a raiz da maioria todas as doenças degenerativas." Diz o Dr. Batmanghelidj Feydoon.

* O exercício oxigena o corpo inteiro. Evitar um estilo de vida sedentário.

O ideal é ter uma potência de cerca de 60% de alcalino em vez de ácido e é claro, evitar os produtos mais fortemente ácidos, como refrigerantes, açúcar refinado e adoçantes.

Não abuse do sal ou evite-o tanto quanto possível.

Para aqueles que estão doentes, o ideal é que a potência seja de cerca de 80% alcalina, eliminando todos os produtos nocivos.

Se tiver câncer o objetivo será alcalinizar o máximo possível o organismo.
O Dr. George W. Crile, de Cleveland, um dos cirurgiões mais respeitados do mundo, declara abertamente: "Todas as chamadas mortes naturais não são nada mais do que o ponto de saturação de acidez no corpo terminal."

Como mencionado anteriormente, é absolutamente impossível  que o câncer apareça em uma pessoa que purifica o corpo dos ácidos com uma dieta alcalina, aumentando o consumo de água pura e evitando os alimentos que produzem ácido.
Em geral, o câncer não é contagioso e nem mesmo se herda.

Se herdam todavia os hábitos alimentares, o  estilo de vida e o meio ambiente.

Isto pode resultar em câncer.
 Mencken escreveu: "A luta da vida é contra a retenção de ácido". "O envelhecimento, a falta de energia, stress, dores de cabeça, doenças cardíacas, alergias, eczema, urticária, asma, pedras nos rins, aterosclerose, entre outros, não são nada mais do que a acumulação de ácidos."
O Dr. Theodore A. Baroody disse em seu livro "Alcalinize ou Morra" (Alkaline or Die):
 "Na verdade, não importa os nomes das inúmeras doenças, o que importa é que todas elas vêm da mesma raiz: Muitos resíduos de ácido no corpo "














O  Dr. Robert O. Young disse:

"O excesso de acidificação do corpo é a causa de todas as doenças degenerativas.

Se o equilíbrio for perdido e um corpo começar produzir e armazenar mais acidez e resíduos tóxicos do que é capaz de eliminar as doenças aparecem".

E a quimioterapia?

A  quimioterapia acidifica o corpo até o ponto de comprometer as suas reservas alcalinas  imediatamente deixando-as insuficientes para neutralizar a acidez, sacrifica bases minerais (cálcio, magnésio e potássio), depositado nos ossos, dentes, articulações, unhas e cabelo.

Por esta razão, observa-se essas alterações em pessoas que recebem este tratamento, e entre outras coisas, a queda de cabelo.

Um pH ácido significaria a morte.

Nada disto é descrito ou dito, porque, segundo todas as indicações, a indústria do câncer (leia-se: a indústria farmacêutica) e a quimioterapia são alguns dos procedimentos mais rentáveis que se tem noticia em um panorama multi-milionário e os proprietários destas indústrias não querem que isso seja publicado.

Tudo indica que a indústria farmacêutica e a indústria alimentícia são uma só entidade e que há uma conspiração em que uma ajuda a outra para potenciar o lucro de ambas.

Quanto mais pessoas adoecerem, maiores serão os lucros da indústria farmacêutica. E para adoecer um monte de gente precisam de muita junk food, tanto quanto a indústria de alimentos produz.

Quantos de nós já ouvimos a notícia de que alguém  tem câncer e alguém que diz: " Pode acontecer a qualquer um ..
" Não, não poderia!

 "Deixe seu alimento ser seu remédio, seu remédio é seu alimento."
Hipócrates (pai da medicina)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor me de a sua opiniao