Pesquisar este blog

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Kechari Mudra



Como executar Kechari Mudra.

Neste artigo vou tentar esclarecer a função, importância, verdade e imprecisões sobre o Kechari Mudra. Esta técnica é de fundamental importância na prática do Kriya. Ela promove e acelera muito o movimento da Kundalini para cima que executado sem o Kechari Mudra atrasaria muito o processo  de Autorealizaçao.

Muitas organizações e associações deliberadamente omitem o Kechari em suas iniciações, a fim de "suavizar" as técnicas para o público em geral.
Isto porque o Mudra Kechari é uma prática bastante complexa, que exige um procedimento  preparatório longo antes de chegar a um bom desempenho. Sua omissão em iniciações se destina a evitar de desanimar muitos seguidores e, portanto, perigosas desistências.

Uma escola ou um professor de Kriya que, deliberadamente, elimina as práticas Kechari Mudra da meditação comete uma falta grave contra o estudante. Quem assume o compromisso de difundir o Kriya deve, antes de tudo, levar a sério a evolução de seus discípulos e não os seus próprios interesses.

Conseguir um bom desempenho do Kechari é bastante difícil, mas não impossível! O Kriya Talavya é a prática Preparatória que permite, em 3-4 meses de aplicação constante, por alguns minutos por dia, de chegar a um bom entendimento do Kechari Mudra.

Após vários meses de prática constante do Talavya Kriya se pode iniciar a pratica do Kechari Mudra. Isto consiste em inserir suavemente a lingua para dentro da cavidade da faringe nasal.

Quando o freio, graças à prática de Talavya, atingiu
a necessária flexibilidade, é possivel inserir a língua na faringe, em primeiro lugar com a ajuda de um ou dois dedos que
empurrando a língua perto da sua base, de modo que a ponta
toca a úvula.
Seus dedos devem ser bem limpos, é claro!
Neste ponto, empurrar a lingueta ainda mais para trás, de tal maneira que a sua ponta deslize sobre a passagem do palato mole ultrapassando a gola.
Deste modo, a ponta da língua pode deslizar pela
faringe nasal.
Depois de algumas semanas, será possível
o procedimento sem a utilização dos dedos. Então você pode
praticar as técnicas com a língua estável na posição.
Enquanto nao se é capaz de executar perfeitamente o  Kechari Mudra, podemos ainda desfrutar de outras técnicas simples segurando a língua voltada para trás.
No entanto deve notar-se que o Kechari é extremamente importante no contexto da técnica do Kriya e sua prática é de enorme benefício.

CONSIDERAÇÕES
Kechari Mudra

Para ver se você está pronto para o Kechari, simplesmente verifique se é capaz de tocar a garganta com a ponta da língua. Se a toque entao pode começar ajudando primeiro com os dedos, conforme especificado no parágrafo anterior.
Depois de um pouco de prática, removendo os dedos, a língua irá permanecer ligeiramente presa nessa posição e vai ser muito fácil fazê-la voltar a sua posição normal.
A ponta da língua ficará imóvel graças a elasticidade do palato mole (a parte do palato da qual pende
a úvula) e pode penetrar cerca de uma polegada na faringe criando uma espécie de gancho que vai evitar que ele escorregue para fora, a menos que nao sejamos nós a trazê-la de volta para a posição
relaxada.
Conseguindo isso se pode considerar que a parte mais difícil foi superada e podemos começar a fazer alguns Pranayamas com a língua nessa posição.
À primeira vista pode ocorrer algum inconveniente menor como a necessidade de engolir com frequência, aumentada salivação, uma queimadura leve da úvula ou a perda de posição sendo que a lingueta escorrega espontaneamente para fora da faringe. No entanto, estes inconvenientes sao normais e com alguns dias de prática constante serão superados.
Muitas pessoas têm medo de executar o Kechari porque tem medo de não serem capazes de respirar com a língua presa na cavidade faríngea.
Este é um medo natural, mas absolutamente
infundado, porque mesmo com a língua  inserida na garganta sobra espaço mais que suficiente para a respiração e é absolutamente impossível que a língua fique, por assim dizer, "presa" dentro.
A qualquer momento podemos tirá-la de forma muito fácil e isto é devido à elasticidade sua e à do palato mole.
Depois de alguns meses de prática constante, podemos aperfeiçoar o Kechari Mudra.
Ao longo do tempo, de fato, a língua pode penetrar mais profundamente na cavidade nasal chegando a tocar uma área de tecidos moles que a tradição Kriya descreve como uma espécie de "a úvula em cima da uvula". Esta zona é caracterizada por uma secreção de sabor doce: quando a língua a toca ficará posicionada ali facilmente.
O termo Kechari significa literalmente "voando no céu" e não há palavras para descrever a importância da técnica no caminho da evolução espiritual, para os estados de consciência e os
sentimentos que se sente fazendo isso.
Este Mudra atua como uma espécie de ponte elétrica criando  um determinado circuito energético. Na prática, com Kechari, podemos acessar diretamente as reservas de energia dos Chakras superiores e, simultaneamente, ultrapassamos o chamado "nò da lingua" que em condições normais subtrai energia vital  com o tumulto de pensamentos inúteis.
Uma calma e uma sensação de alegria indescritível invadem o nosso ser durante e após a prática de Kechari Mudra.
Alguns iogues podem até mesmo chegar ao Samadhi praticando Kechari apenas durante a meditação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor me de a sua opiniao